Trânsito no antigo Balão da Esaf continuará alterado para obras na quarta

Ação é necessária para a sequência do remanejamento da rede de água realizada pela Caesb e beneficiará 50 mil motoristas

0
14

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) informa que, nesta quarta-feira (24), a faixa à direita dos balizadores, na subida da QI 23, DF-035 (EPCV) no entroncamento com a DF-001 (EPCT), sentido Jardins Mangueiral, continuará interditada para o remanejamento de rede de água. Tão logo esse serviço seja concluído, a faixa será liberada. O fluxo seguirá normal nas três faixas da esquerda, sentido Jardins Mangueiral.

Apesar das fortes chuvas, as obras do Viaduto do Jardim Botânico continuam a avançar. Neste momento, estão sendo realizados serviços de escavação da fundação e execução das contenções, além do remanejamento das interferências, que inclui as redes de água, luz e esgoto.

A obra, que beneficiará 50 mil motoristas que trafegam diariamente por São Sebastião, Tororó, Paranoá, Jardins Mangueiral, Jardim ABC, Cidade Ocidental e outras localidades da área leste do DF -, tem investimento de R$ 33,6 milhões, com recursos provenientes do Banco do Brasil e da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), com novos 400 empregos.

A estrutura será erguida na altura do balão da antiga Esaf, no km 27,2 da rodovia DF-001, no trecho que interliga o Plano Piloto ao Jardim Botânico. As obras do Viaduto do Jardim Botânico incluem as seguintes etapas: drenagem, terraplenagem, pavimentação, sinalização horizontal e vertical, ciclovia, passarela, muro de “terra armada”, viaduto, passarela, obras complementares, urbanização e paisagismo e canteiro de obras.

Quando a obra for concluída, os motoristas que quiserem ir para o Lago Sul passarão por cima do antigo balão da Esaf e aqueles que quiserem pegar a Ponte JK deverão passar por baixo do balão. O novo viaduto acabará com os engarrafamentos constantes e garantirá maior fluidez aos motoristas.

O presidente do DER-DF, Fauzi Nacfur Júnior, destacou que a obra vai permitir justamente acabar com a retenção que acontece no entroncamento da DF-035 (EPCV) com a DF-001 (EPCT), fazendo com que os motoristas da região possam gastar menos tempo nos seus deslocamentos diários.

*Com informações do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF)

Por Agência Brasília

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília