Semana começa com 314 oportunidades de emprego e salários de até R$ 3 mil no DF

Interessados podem cadastrar currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das unidades da agência do trabalhador espalhadas pelo DF

0
80

A semana começa com uma “luz no fim do túnel” para quem busca uma nova oportunidade profissional. Nesta segunda-feira (14), as agências do trabalhador ofertam 314 vagas de trabalho para diversas profissões no Distrito Federal. Os salários variam de R$ 1.212,00 a R$ 3.000,00, todos acrescidos de benefícios.

Em Samambaia, são 20 vagas para soldadores, com salário de R$ 2.500,00. O melhor: não é necessário comprovar experiência na função nem escolaridade. No Sudoeste, destaque para as 30 chances de servente de obras e também não há pré-requisitos para concorrer. No caso, o salário é de R$ 1.375,00.

Para quem procura uma oportunidade como carpinteiro, estão disponíveis 21 vagas em Sobradinho e no Paranoá. Os salários variam de R$ 1.800,00 a R$ 2.103,20. No Paranoá, não é exigida experiência anterior; já na cidade vizinha, é necessário.

Nesta segunda, são 28 oportunidades exclusivas para pessoas com deficiência (PcD). As vagas são para auxiliar de nutrição (1) e encarregado de supermercado (27). Já os salários variam de R$ 1.285 a R$ 1903,00.

Para participar dos processos seletivos, basta cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou ir a uma das 14 agências do trabalhador, das 8h às 17h, durante a semana. Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, o cadastro vale para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejam ofertar vagas ou utilizar o espaço das agências do trabalhador para entrevistas podem se cadastrar pessoalmente nas unidades ou pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento pelo e-mail gcv@setrab.df.gov.br. Pode ser utilizado, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Trabalho.

Por Agência Brasília com informações de PH Paiva

Foto: Paulo H Carvalho/ Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília