Novo anuário apresenta dados do Sistema Socioeducativo do DF

Documento examina cinco anos de série histórica de movimentação dos adolescentes que entram e saem do sistema, discutindo a redução da população nas medidas socioeducativas

0
89

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) divulga o Anuário Estatístico do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal 2020/2021. O documento apresenta dados do sistema socioeducativo do DF e analisa suas ações durante os dois primeiros anos de pandemia.

Há também a análise do perfil sociodemográfico dos adolescentes, relacionando-os com a população do DF, além de dados sobre a mudança na ocupação das vagas do sistema.

“Com esta publicação, a Sejus tem a oportunidade de reafirmar seu compromisso com a transparência da execução da política pública e com a sistematização e publicização de dados relevantes para a garantia dos direitos e para a continuidade das ações de atenção e responsabilização aos adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas no DF”, pontua a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Seguindo a tendência nacional e utilizando dados das Delegacias da Criança e do Adolescente, o documento examina cinco anos de série histórica de movimentação dos adolescentes que entram e saem do sistema, discutindo a redução da população nas medidas socioeducativas.

As possibilidades de análise e correlação das informações geradas pelo sistema socioeducativo auxiliam os atores da socioeducação, pesquisadores e demais interessados no tema na elaboração de ferramentas de atuação e de estratégias de superação das dificuldades do fazer socioeducativo.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania do DF

Por Agência Brasília

Foto: Reprodução Agência Brasília