Detran-DF realiza 320 abordagens após o jogo do Brasil

A operação Boas Festas flagrou 56 condutores dirigindo alcoolizados

0
40

Em operações realizadas entre a noite de sexta-feira (02/12) e a madrugada de sábado (03/12), as equipes de fiscalização do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) realizaram cerca de 320 abordagens e flagraram 56 condutores dirigindo sob o efeito de álcool. Desses, um motorista foi encaminhado à delegacia de polícia por apresentar teor alcóolico considerado crime pela legislação.

O que diz a lei

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir após o consumo de álcool é infração gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. A recusa em realizar o teste do etilômetro também é considerada infração com as mesmas penalidades.

Além das sanções administrativas, se o teste do etilômetro indicar concentração igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, a conduta passa a ser considerada crime, cuja pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da CNH ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Outros flagrantes

Os agentes de trânsito do Detran flagraram ainda três inabilitados, sete condutores com a CNH vencida há mais de 30 dias e um dirigindo com a CNH suspensa.

Boas festas

As ações de fiscalização foram realizadas em diversas regiões do DF, como por exemplo, Asa Sul e Taguatinga, e integram a Operação Boas Festas onde os agentes de trânsito atuam de forma preventiva e repressiva, ficando atentos aos locais de grande circulação de pessoas e de consumo de bebidas alcoólicas, como restaurantes, bares, boates e casas de shows, para evitar que condutores alcoolizados assumam a direção do veículo e coloquem em risco a segurança nas vias públicas do Distrito Federal.

*Com informações do Detran-DF

Por Agência Brasília

Foto: Detran-DF / Reprodução Agência Brasília