Restaurantes comunitários do DF oferecem dicas de planejamento alimentar

Orientações serão repassadas à população durante o horário de almoço, das 11h às 14h, nas 14 unidades do DF

0
72

Planejar o cardápio semanal das refeições, ter o hábito de conferir os alimentos disponíveis na despensa e geladeira e seguir uma lista de compras. Essas são algumas das dicas que a população vai receber nesta terça-feira (14) nos 14 restaurantes comunitários do Distrito Federal. Coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a ação está marcada para o horário de almoço, das 11h às 14h.

As nutricionistas que atuam nos restaurantes vão distribuir panfletos e conversar pessoalmente com os frequentadores sobre a importância de fazer um planejamento alimentar.

“Pensar com antecedência no preparo das refeições e melhor aproveitamento dos alimentos, além de evitar o desperdício, é uma forma eficaz de garantir uma alimentação saudável e adequada – fazer e seguir uma lista de compras, organizar a despensa, adiantar o processo de cozimento dos alimentos, deixar uma parte pré-congelada para facilitar o dia a dia e agilizar o preparo das refeições. Esse cuidado incentiva as famílias a cozinharem em casa e reduz o consumo de alimentos industrializados”, reforça a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

A gestora lembra que a garantia da segurança alimentar e nutricional não se restringe a programas de acesso ao alimento, como Cartão Prato Cheio e as cestas emergenciais. É necessária a integração das práticas de educação alimentar e nutricional para incentivar o desenvolvimento de habilidades pessoais e autonomia para escolhas alimentares.

“Esse hábito de fazer o planejamento alimentar para as famílias em vulnerabilidade social, que são o nosso público, é fundamental, porque gera economia e evita que elas gastem o recurso que recebem de benefícios sociais com alimentos desnecessários, por exemplo, e que não são nutricionalmente adequados”, reitera a secretária.

Além das orientações das nutricionistas, quem for almoçar nos restaurantes comunitários nesta terça vai poder saborear um cardápio composto por carne suína ao molho vinagrete, com a opção de quibe assado, ratatouille (berinjela e abobrinha refogadas com cebola, orégano e molho de tomate) e, de sobremesa, flan de coco.

Nos restaurantes comunitários, cada refeição tem custo de R$ 1. A população em situação de rua encaminhada pelo serviço especializado em abordagem social da Sedes pode almoçar gratuitamente nas unidades.

Com informações da Agência Brasília

Por Redação do Jornal de Brasília

Foto: Divulgação/Sedes / Reprodução Jornal de Brasília