Setor Carnavalesco Sul chega com 40 atrações que vão até a terça (21/02)

Expectativa da produção do evento é de que o público reúna entre 10 mil e 15 mil pessoas por dia

0
75

Com uma programação de 40 atrações e entrada gratuita, o Setor Carnavalesco Sul entrou em cartaz nesta sexta (17/02), no Setor Comercial Sul (SCS), bem no centro do Plano Piloto. O público reunia pessoas muito animadas, fantasiadas e festejando o Carnaval que há dois anos não era realizado devido à pandemia da covid-19.

“As pessoas estão animadas, e o governo se preparou bastante para garantir um Carnaval de paz e de alegria para os foliões”Valdemar Medeiros, administrador do Plano Piloto

Com 35 mil  m² de espaço interno, o Setor Carnavalesco Sul é fechado e tem duas entradas: uma pela Quadra 1 e outra pela Quadra 4. Dentro do espaço, há quatro palcos, diversidade e muita música. Na programação deste primeiro dia, três atrações se destacam: os blocos BEM MEB, que aposta na música eletrônica para movimentar a cena; Parece mas não é, que mistura músicas carnavalescas com funk carioca, hip-hop, brega e outros ritmos, e o da Escola.

“Depois da pandemia, a gente, enfim, vai poder fazer um grande Carnaval, e o Setor Comercial é muito importante, porque é um espaço que está sendo revitalizado, e a presença da cultura popular aqui é valiosa”, ressaltou o bancário e músico Bruno Bezerra, 36, que não abriu mão da pintura estilo palhaço no rosto para curtir a noite.

A área deste ano está um pouco mais reduzida para a folia. A expectativa do produtor do evento, Caio Dutra, é de que o público aumente e fique entre 10 mil e 15 mil pessoas por dia. Mas, de acordo com ele, o mais importante é ter de volta o Carnaval no SCS. “A gente estava se preparando para essa retomada, e não foi fácil, depois de três anos sem Carnaval, mobilizar nosso principal projeto. Por isso, a alegria de hoje é especial”, diz.

O administrador do Plano Piloto, Valdemar Medeiros – que esteve presente no SCS desde a manhã de sexta para dar início ao mutirão de limpeza – lembrou que Brasília merece ter de volta o seu Carnaval. “As pessoas estão animadas, e o governo se preparou bastante para garantir um Carnaval de paz e de alegria para os foliões”, ressaltou.   

 Preparação

Logo nas primeiras horas da manhã, o SCS já recebia uma força-tarefa para garantir um local limpo e seguro nos dias de folia, já que alguns objetos descartados no local ofereciam potencial lesivo.

Em seis horas de trabalho, foram retiradas cerca de 16 toneladas de lixo do local, incluindo pedras, pedaços de madeira e ferro. Participaram da ação equipes do GDF Presente, Administração Regional do Plano Piloto, Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Novacap, Polícia Militar do DF e do projeto Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape). 

“Todo mundo gosta de ver a cidade limpa, e para quem trabalha com comércio de alimentação, como é o meu caso, é uma forma de fidelizar as vendas para que elas aconteçam além da festa”, elogiou o empresário George Ferreira, 50, dono de quiosque no SCS há dez anos.

Quem passava pela região na hora também gostou do resultado do trabalho. “O ambiente ficou mais agradável com tudo limpo e bonito”, reforçou a estudante Daniele Alvim, 16. “Poderia haver ações assim sempre, mas com multa para as pessoas que sujassem [as ruas]”.

Diariamente, mais de 150 mil pessoas passam pelo SCS, que está em obras de restauração. O Governo do Distrito Federal (GDF) já investiu mais de R$ 8,9 milhões para a reurbanização completa das quadras 3, 4 e 5.

O Setor Carnavalesco Sul vai até a terça-feira (21), a partir das 16h. Para a criançada, também há programação todos os dias, das 10h às 16h.

 Programação

→ Sábado (18)
10h: Patubatê (Espaço das Crianças)
10h: Bloco Deus Ajuda quem Seu Madruga (Paredão)
12h: Patubatê (Palco Amstel)
12h: Orquestra Percussiva Obará (Paredão)
14h: Limbo Bloco (Palco SPD)
14h: Bloco na Batida do Morro (Paredão)
14h: Carreata Passo Largo (Engenhoca)
15h: Bloco das Divinas Tetas (Palco Amstel)
18h: Bloco Kirá – Na Baladêra (Palco Amstel)
20h: Bloco MamaTa Difícil (Palco Amstel)

→ Domingo (19)
13h: Relabuxo Elétrico (Palco Amstel)
14h: Bloco Puxadinho (Paredão)
14h: Bloco Desmaiô/Calango Careta (Engenhoca)
15h: Confronto Soundsystem (Palco SPD)
16h: Bloco Folha Seca – Afro Percussivo (Palco Amstel)
18h: Bloco da Carmela (Palco Amstel)
19h: EletroManas (Paredão)

→ Segunda (20)
11h: Aparelhinho (Paredão)
14h: Bloco Divindades (Palco Amstel)
14h: Bloco das Braba (Palco SPD)
15h: Orquestra Percussiva Obará
17h: Bloco Elétrico (Palco SPD)
17h: PUTZZ Q’Bloco (Paredão)
17h: Palhaço Elétrico (Engenhoca)
18h: Bunda do Delírio (Palco Amstel)
19h: Ventoinha de Canudo (Cortejo)
20h: Forró Red Light (Engenhoca)

→ Terça (21)
13h: Banda Praga de Baiano (Palco Amstel)
15h: Bloco Maria Fumaça (Palco SPD)
15h: Bloco Oxente Véi! (Engenhoca)
17h: Bloco Pega Ninguém (Palco Amstel)
17h: Pop Up Drag (Paredão)
17h: Bloco da Drops (Engenhoca)
19h: Batukenjé (Palco SPD)
21h: Bloco Bora Coisar com Emília Monteiro (Palco Amstel)

*Com informações da Ascom Administração do Plano Piloto

Por Agência Brasília

Foto: John Goneli/Ascom RA-PP / Reprodução Agência Brasília