Vacinação e testes para a população de Santa Maria e do Recanto

Famílias aproveitam unidades abertas aos sábados para atualizar o cartão vacinal; crianças são o principal público

0
45

O sábado (06/05) começou animado para as irmãs Sofia, 8 anos, e Sther, 6 anos. As meninas foram à Unidade Básica de Saúde (UBS) 5 do Recanto das Emas para garantir o reforço contra a covid-19. A mãe, Grasiele Soares, sabe o que é preciso para proteger as filhas: “Tem que tomar todas as vacinas mesmo”, afirma.

Na ação intitulada Dia de Saúde, além da imunização para crianças e adultos, a unidade também ofertou outros serviços da Atenção Primária, como coleta de citopatológico, testes rápidos para sífilis e HIV e avaliação e orientação odontológica. A comunidade também pôde aferir a pressão arterial e a glicemia, atualizar o cadastro do Bolsa Família e experimentar auriculo e ventosaterapia.

A Secretaria de Saúde vem, continuamente, inovando em ações para aproximar a população dos serviços e aumentar a cobertura vacinal no Distrito Federal. O funcionamento das unidades básicas aos sábados é um exemplo: 27 UBS estavam a postos neste fim de semana.

“É uma construção coletiva, uma parceria dos gestores e dos trabalhadores do SUS do DF. O foco é promover ações em horários que a comunidade está disponível, em seus lares, e vão às unidades junto com seus filhos, parentes e amigos”, explica a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

A maior integração da população aos serviços é fundamental para assegurar o cuidado contínuo à saúde. O diretor da Atenção Primária da região Sudoeste, Júlio Leite, destaca que ações coletivas como a deste sábado fazem a comunidade se sentir acolhida.

“Chamamos as pessoas para dentro da UBS, como um lugar de confiança. A UBS se torna a casa da comunidade também”, afirma. “É importante a população saber que os equipamentos e o poder público têm esse comprometimento em atender e servir da melhor forma possível”, completa o administrador regional do Recanto das Emas, Carlos Dalvan.

A gerente da UBS 5, Antônia Clea Camelo, comemora o alcance da população do Recanto das Emas. “Recebemos muitas pessoas com vacinação atrasada e, principalmente, muitas crianças com demandas de saúde bucal”, ressalta. Somente neste sábado, foram aplicadas 307 vacinas e realizados 106 atendimentos odontológicos na unidade.

A janelinha de Nicolas, de 6 anos, foi avaliada pelo odontólogo, assim como os dentes dos irmãos mais velhos, Douglas e Ítalo, e da mãe, Andreza Costa. As crianças receberam kits de higiene bucal e todos já saíram com as próximas consultas marcadas, para tratar cáries e aplicar flúor. “Vim tomar vacina ontem e fiquei sabendo da ação. Trouxe os meninos hoje porque sabia que eles estavam precisando vir ao dentista”, conta Andreza.

Na UBS 1 de Santa Maria, a diversão para a criançada ficou por conta da cama elástica e da piscina de bolinhas no estacionamento. Mas, do lado de dentro, muito trabalho para a equipe da vacinação: 308 doses foram aplicadas neste sábado.

A diretora da Atenção Primária da região Sul, Regiane Martins, também acredita que as ações aos fins de semana fortalecem o vínculo com a comunidade. “Abrir a UBS aos sábados tem sido importante para aproximar a população das equipes e para aumentar o número de pessoas vacinadas na região“, destaca.

E, quem passou pela unidade por volta do meio-dia provavelmente ouviu o pequeno Ryan Kallel, de 3 anos, falando repetidamente “mamãe, quero vacinar!”. A família inteira atualizou o cartão de vacinação. Os irmãos Douglas e Ana Karlla tomaram o reforço contra covid-19 e o irmão Ramon Filho tomou a vacina do HPV. A mãe, Samanta Gonzaga, que está grávida, foi vacinada contra influenza, assim como a avó, Alcidete Silva, que também tomou a dose bivalente contra covid. “Eu sempre fico atenta às campanhas e de olho nos cartões de vacina, para ninguém ficar atrasado”, garante Alcidete.

A lista com os pontos de vacinação disponíveis em todo o DF pode ser acessada aqui. Além disso, a Secretaria de Saúde divulga diariamente informações sobre vacinas e outros serviços da rede pública nas redes sociais oficiais: InstagramFacebook e Twitter.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Tony Winston/Agência Saúde / Reprodução Agência Brasília