Reabertas 360 vagas para cursos da Jornada Mulher Trabalhadora

Opções vão desde maquiagem profissional até cuidadora de idosos e trancista, com carga horária de 80 horas/aula

0
52

As inscrições para o programa de qualificação profissional Jornada da Mulher Trabalhadora foram reabertas para o preenchimento de 360 vagas em Brazlândia. Os cursos disponíveis são os de maquiagem profissional, secretariado administrativo, cuidadora de idoso, alongamento de unhas, cabeleireira profissional e trancista e o preenchimento do formulário deve ser feito até quinta-feira (27).

‌Cada um dos cursos oferece 60 vagas, sendo 30 para o turno matutino e 30 para o vespertino. As aulas ocorrem na Quadra 37, Área Especial 2, da Vila São José. No turno da manhã, o horário é das 9h às 12h30, enquanto no período da tarde, das 13h30 às 17h. Todos os cursos têm carga de 80 horas/aula.

“Essa iniciativa busca oferecer oportunidades de qualificação profissional e empoderamento para mulheres da região, possibilitando novos conhecimentos e habilidades para enfrentar os desafios do mercado de trabalho. Acreditamos que investir na capacitação das mulheres é fundamental para promover a igualdade de gênero e contribuir para o crescimento socioeconômico de nossa cidade”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal, Thales Mendes.

Para se candidatar, as interessadas devem comparecer à Agência de Atendimento ao Trabalhador de Brazlândia (SCDN Bl. K Lj. 01/05) ou do Plano Piloto (SEPN Qd. 511, Bloco A, Térreo – Asa Norte), das 8h às 12h e das 13h às 17h, portando documento de identificação oficial com foto, comprovante de residência no Distrito Federal e comprovante de escolaridade – mínimo Ensino Fundamental I completo.

Outra opção é acessar o site da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet). Caso a candidata seja selecionada, a matrícula deve ser efetivada na Agência do Trabalhador em Brazlândia.

Por Agência Brasília

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília