GDF investe R$ 20 milhões na contratação de anestesistas

Medida publicada no Diário Oficial do DF valerá por até dois anos; serão contratados profissionais por modalidade de credenciamento para solucionar o déficit na rede pública

0
50

A Secretaria de Saúde (SES-DF) vai contratar profissionais anestesistas por modalidade de credenciamento, com inexigibilidade de licitação. A resolução que autoriza a contratação foi publicada no Diário Oficial da União (DODF), em edição extra, e valerá por até dois anos, ao custo aproximado de R$ 20 milhões.

A resolução do Conselho de Saúde do Distrito Federal foi homologada pela secretária da pasta, Lucilene Florêncio. O déficit de anestesistas na rede pública de saúde é de 150 profissionais, segundo a gestora. “Queremos dar vazão às cirurgias eletivas. Hoje, diante da falta de servidores na área, temos que priorizar os procedimentos de emergência, urgência e judicializados”, reforça.

Nas últimas tentativas da rede em nomear anestesistas para atuar como servidores da SES-DF, houve baixa adesão. Por isso, a secretária explica a necessidade da contratação de pessoa jurídica – profissionais individuais, empresas e cooperativas. A previsão é que o edital de credenciamento para a prestação do serviço seja lançado na próxima semana.

A referência técnica distrital (RTD) de anestesiologia, Lucila Annie Baldiotti Farias, afirma que essa contratação permitirá o pleno aproveitamento de todas as salas cirúrgicas da secretaria. “Com mais profissionais, todas as equipes cirúrgicas terão condições de operar. Hoje, elas precisam se revezar de acordo com a disponibilidade de anestesistas, o que resulta em salas vagas, sem utilização.”

Com a modalidade proposta de credenciamento, os pagamentos ocorrerão por anestesias realizadas, ou seja, por produção. “Dessa forma, evitamos o desperdício de recursos por licenças inesperadas ou falta de equipe, e vamos conseguir dar atenção à demanda reprimida”, acrescenta Farias.

Investimento em equipamentos de anestesia

Os profissionais contratados terão à disposição equipamentos de anestesia de última geração. Em julho, a SES-DF adquiriu 64 aparelhos, que somam um investimento de R$ 18 milhões. A medida faz parte dos esforços da secretaria para modernizar a rede. Os carrinhos irão otimizar o atendimento em dez unidades hospitalares do DF.

Os novos aparelhos são adequados para anestesia em todas as especialidades cirúrgicas e atendem a todos os pacientes. “A modernização do parque tecnológico é um esforço contínuo desta gestão, e as entregas serão ampliadas, pois três hospitais estão sendo construídos”, enfatiza Florêncio.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF / Reprodução Agência Brasília