QualificaDF levou novas oportunidades para mais de 24 mil alunos em 2023

Com 40 cursos, programa de capacitação oferece formação gratuita e oportunidade de reinserção no mercado de trabalho; 2024 também será de oportunidades para quem busca novos horizontes

0
38

Oferecer qualificação profissional e oportunidade de inserção no mercado de trabalho tem sido uma das prioridades do Governo do Distrito Federal (GDF). O programa QualificaDF é uma das iniciativas que zelam por esse propósito, oferecendo cursos de profissionalização gratuitos à população. Em 2023, 24.050 pessoas participaram do programa em 40 formações relacionadas a diversas áreas.

Lançado em 2022, o QualificaDF é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet-DF). No ano passado, houve três etapas de formação e, em cada uma delas, foram atendidos, em média, 8 mil alunos. A última formatura ocorreu em dezembro. Em 2022, outros 24 mil cidadãos acessaram a oportunidade de recolocação profissional e puderam alavancar a carreira com algum dos cursos ofertados.

“Nosso planejamento estratégico sempre foi no intuito de priorizar o desenvolvimento humano; com isso, a secretaria instituiu um plano de qualificação, capacitando um público-alvo de acordo com a demanda de mercado, com cursos na prática e com vivência profissional”, explica o titular da Sedet, Thales Mendes.

Os cursos

Com carga horária total de 240 horas, os cursos do programa, na última etapa, foram ministrados no Guará, Paranoá, Planaltina, Taguatinga e Asa Sul. São 40 formações nas áreas de vendas, indústria, agronegócio, serviços e saúde, escolhidas com base no perfil profissional das regiões administrativas atendidas e conforme a demanda do mercado de trabalho e do setor produtivo.

Algumas das profissões trabalhadas são auxiliar de cozinha, auxiliar de recursos humanos, auxiliar de secretariado, auxiliar de serviços de documentação, informação e pesquisa, bombeiro hidráulico, cabeleireiro, cuidador de idosos, cuidador infantil, desenvolvedor de aplicativos para Android, designer gráfico básico, eletricista de sistemas fotovoltaicos, eletricista predial, estética facial e corporal, garçom e barista, jardinagem e paisagismo, manicure e pedicure, corte e costura, manutenção de equipamentos de informática, maquiagem e design de sobrancelhas, entre outras.

Aprendizado

Para a atendente de farmácia Avany França Santana, 26, o programa significou recomeço. Ela concluiu o curso para a função em 2023 e, finalmente, conseguiu o sonhado emprego. Foi o fim de um período de dois anos sem renda fixa. 

“Esse curso mudou a minha vida e o foco da minha carreira, porque sou formada em recursos humanos e procurava vagas na área”, conta ela, que é mãe de duas meninas e mora na Estrutural, onde fez a qualificação. “Agora, quero fazer a graduação em farmácia. O QualificaDF foi uma grande oportunidade para mim, e sou muito grata a isso.”

Além da oportunidade de aprendizado, os alunos também recebem vale-transporte, seguro contra acidentes pessoais, lanche diário e certificado, bem como uniforme e o kit educando, composto por apostila, caderno, caneta, lápis, borracha e pasta plástica com elástico.

Para participar do programa, é preciso ter mais de 16 anos, ser pessoa física, brasileira nata ou naturalizada ou estrangeira em situação regular no país e possuir escolaridade compatível com o curso desejado. As inscrições para os próximos ciclos são divulgadas no site da Sedet-DF.

Por Catarina Loiola da Agência Brasília 

Foto: Acervo pessoal / Reprodução Agência Brasília