Concerto abre curso de verão da Escola de Música de Brasília

Até o próximo dia 27, espetáculos ocorrerão todos os dias, às 18h30 e às 20h, nos teatros da BEM

0
10

Na noite deste domingo (14), a Escola de Música de Brasília (EMB) apresentou o concerto de abertura do 45º Curso Internacional de Verão de Brasília (Civebra). A iniciativa é considerada referência no cenário musical mundial. O evento, aberto ao público, foi marcado por homenagens aos renomados músicos/compositores Giacomo Puccini e Henry Mancini, que deixaram um legado na história da música.

O curso é realizado desde 1977 e já se tornou um evento oficial no calendário da cidade e do país. Todos os anos, as atividades homenageiam artistas conhecidos em todo o mundo. Este ano, o curso vai até o próximo dia 27.

“O Civebra é um espaço único para o desenvolvimento musical, educacional e cultural”, afirma o diretor da EMB, Davson de Souza. “Compartilhar conhecimentos e experiências musicais e celebrar a trajetória de artistas como Puccini e Mancini é uma forma de enriquecer a formação musical/cultural dos participantes e do público.”

O publicitário e cantor Paulo Henrique dos Santos Lima, que estava na plateia, expressou sua gratidão pela oportunidade de assistir ao espetáculo gratuitamente: “É uma chance única de vivenciar a magia da música, proporcionada pelo Civebra. A EMB abre suas portas para todos, democratizando o acesso à arte, e isto é muito bacana”.

Atividades

O curso oferece diversas atividades, incluindo canto coral noturno (presencial) e palestras noturnas, com links disponibilizados momentos antes no site oficial da EMB. Os concertos estão agendados para as 18h30 no Teatro Carlos Galvão e para as 20h no Teatro Levino de Alcântara, todos os dias. Já o concerto de encerramento será no próximo dia 27, às 19h, no Teatro Levino de Alcântara.

O Civebra é considerado um marco na formação musical, e proporciona aos participantes uma imersão intensiva no mundo artístico. A importância desse curso transcende o aprendizado técnico, pois incentiva a troca de conhecimentos e experiências entre diferentes gerações e estilos, consolidando-se como um celeiro de talentos e contribuindo significativamente para o enriquecimento cultural da comunidade.

Até o dia 27, os 3 mil alunos matriculados no 45º Civebra poderão assistir às aulas presenciais das 9h às 12h e das 15h às 18h, na Escola de Música de Brasília.

*Com informações da Secretaria de Educação

Por Agência Brasília

Foto: Álvaro Henrique/SEEDF / Reprodução Agência Brasília