Ibaneis quer contratar mais 2 mil policiais militares até 2025

Afirmação foi feita na solenidade de passagem do cargo para a nova comandante-geral da corporação, coronel Ana Paula Barros Habka. Ela reafirmou o compromisso antecipado ao Correio de priorizar a saúde mental em sua gestão

0
9

O governador Ibaneis Rocha afirmou que serão contratados mais dois mil policiais para a Polícia Militar (PMDF).  “Nós estamos trabalhando juntos desde que assumi o governo em 2019. Foram mais de 2,5 mil PMs incorporados à Polícia Militar do Distrito Federal. Temos um novo concurso em andamento, onde a gente espera contratar, pelo menos, mais dois mil policiais militares, repondo, assim, as forças de segurança do DF”, disse, durante a cerimônia de passagem do cargo para a nova comandante-geral da corporação, coronel Ana Paula Barros Habka.

A nova comandante-geral completou que as etapas finais do certame estão sendo finalizadas. “Houve o entrave relacionado à entrada das mulheres, mas foi justo e fiquei muito feliz que deu certo. Então, pretendemos, já em junho, iniciar o curso de formação, com previsão de encerramento para o próximo ano”, detalhou.

Ela também destacou que a saúde mental será prioridade da gestão, reafirmando o compromisso que havia antecipado ao Correio em 15 de janeiro, depois que um sargento da corporação matou um soldado e tirou a própria vida. “A minha meta, nesse primeiro momento, é a saúde mental do nosso policial militar. Há algumas coisas que a gente também tem que rever na nossa legislação, são questões de efetivo, e a questão salarial também. Isso tudo são pautas que já estão no meu plano de comando”, enfatizou.

Proteção à mulher

O governador Ibaneis Rocha disse ainda que tem “orgulho de ser o comandante-em-chefe da melhor polícia do Brasil” e lembrou do importante que Ana Paula desempenhará no combate ao feminicídio. “Que a senhora possa conduzir com toda força, mas com todo carinho possível, essa tropa que merece todo o nosso amor e toda a nossa consideração. Desejo que Ana Paula tenha êxito em sua missão. E eu tenho convicção disso porque confio no trabalho por ela realizado. Tenho certeza de que será uma excelente gestão”, ressaltou.

Ana Paula agradeceu ao governador pela confiança depositada e à vice-governadora, Celina Leão, por acreditar em seu desejo de conduzir a PMDF com “um olhar mais humano e com o amor materno”. À tropa, a coronel destacou o empenho dos profissionais em todas as missões. “Nunca duvidem de sua capacidade de superação e resiliência, pois estaremos todos os dias obstinados a entregar sempre os melhores resultados. Contem com a sua comandante”, assegurou.

A passagem de cargo ocorreu na Academia de Polícia Militar de Brasília, no Setor Policial Sul. Ana Paula substitui o coronel Adão Teixeira, que foi transferido para a reserva remunerada. Esta é a primeira vez na história do país que as forças de segurança pública têm duas comandantes de corporações militares simultaneamente. Em janeiro do ano passado, o governador nomeou a coronel Mônica de Mesquita Miranda para o cargo no Corpo de Bombeiros (CBMDF).

Cidadania

Também na manhã de ontem, Ibaneis Rocha participou da abertura do ano letivo da Fábrica Social, na Cidade do Automóvel, onde entregou 100 novos equipamentos para os cursos de corte e costura, moda e reaproveitamento de materiais. O programa tem o objetivo de promover a educação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade inscritas no Cadastro único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e criar oportunidades para que consigam ser inseridas no mercado de trabalho e tenham autonomia socioeconômica. 

“Esse projeto será ampliado para pelo menos mais dois polos aqui no DF, atendendo Ceilândia e Planaltina”, anunciou o governador. Há a previsão de lançamento de uma unidade de pré-moldados no Complexo Penitenciário da Papuda, no primeiro semestre, e em Ceilândia, até o fim do ano. 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes, a ideia é produzir, por meio do programa, lençóis, cobertores, travesseiros e toda a parte de enxoval utilizado por técnicos de enfermagem, médicos e assistentes.

Por Letícia Mouhamad do Correio Braziliense 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Correio Braziliense