RenovaDF recupera ginásio e quadra de esportes no Recanto das Emas

Mais de 50 alunos participam das ações, que incluem desde substituição e pintura dos alambrados e traves a consertos em arquibancadas e piso

0
25

‌Boa notícia para a população do Recanto das Emas: mais de 50 participantes do RenovaDF estão atuando em melhorias nos espaços públicos da região administrativa desde novembro. Duas quadras esportivas, nas quadras 802 e 110, já foram reformadas, e está em andamento a recuperação do ginásio Tatuzão, um dos espaços mais utilizados da cidade.

O time do sexto ciclo de 2023 do programa foi dividido em duas turmas, nos períodos matutino e vespertino. As ações nos espaços incluem limpeza, substituição e pintura dos alambrados e reparos no piso, além de troca e pintura das traves. No ginásio também haverá pintura externa, reparos e pintura da arquibancada e melhorias nos banheiros.

Esporte e integração

Situado na Quadra 300, o ginásio é o ponto de encontro da comunidade para prática de esportes e momentos de lazer. O administrador regional do Recanto das Emas, Carlos Dalvan, afirma que a recuperação busca atender a um pedido antigo da população. “Esse é o principal ginásio da cidade e recebe uma série de modalidades esportivas”, reforça. “O nosso objetivo é proporcionar as condições adequadas a quem usa o local para se exercitar e se divertir”.

Palco de campeonatos e muito aprendizado. É assim que o professor de futebol Jeferson Casimiro, 34 anos, define o Tatuzão. Em 2023, ele começou um projeto social em que treina cerca de 60 meninos e meninas de 6 a 12 anos gratuitamente, uma vez por semana. “Essa manutenção era realmente uma necessidade; o ginásio faz parte da história da nossa cidade”, diz ele. “O esporte agrega em todas as áreas da vida, principalmente na saúde e no bem-estar. Um espaço arrumado, com certeza, vai atrair mais crianças para cá”.

Outro frequentador assíduo do ginásio é o padre Felipe Souza, 30. Ele e outros moradores do Recanto das Emas jogam vôlei no espaço há mais de três anos. As partidas são organizadas pela Paróquia São Miguel Arcanjo e ocorrem semanalmente – todas as segundas, das 18h às 22h. O último encontro foi em dezembro, devido às manutenções. “Os jogos reuniam de 20 a 30 pessoas, e vinha gente até de Samambaia”, conta o padre. “Nas condições adequadas, acho que deve aumentar ainda mais o número de jogadores, porque as pessoas vão ficar motivadas a participar”.

O programa

Gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), o RenovaDF oferta qualificação profissional na área de construção civil, em convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (Senai-DF). Enquanto se qualificam, os próprios alunos recuperam os espaços públicos da cidade. Em 2023, o programa registrou a participação de 15 mil pessoas e ajudou a dar vida nova a mais de 2,6 mil equipamentos, marcando presença em 19 RAs.

O titular da Sedet, Thales Mendes, salienta que o RenovaDF abre portas para novas oportunidades na vida dos participantes por meio da qualificação profissional. “O programa prepara pessoas para o mercado de trabalho e revitaliza espaços públicos, mas também oferece atendimento social aos mais vulneráveis, e essa é nossa meta: ser um agente transformador de vidas”, afirma.

A recuperação dos espaços já entrou no currículo do aluno Matheus Quaresma, 28. Desempregado desde 2021, ele conta que adquiriu novos conhecimentos e a possibilidade de reinserção no mercado de trabalho.

“Aprendi jardinagem, pintura profissional e, principalmente, a trabalhar em equipe”, celebra o jovem. “Sempre quis entrar para o RenovaDF. Tentei umas cinco vezes e, enquanto não dava certo, fiz o Qualifica DF, que é ótimo também. São oportunidades de crescimento. Espero conseguir meu emprego logo e mudar de vida.”

O programa tem carga horária de quatro horas diárias distribuídas de segunda a sexta-feira, totalizando 240 horas (três meses), e abrange noções básicas de carpintaria, jardinagem, serralheria e hidráulica, entre outras especialidades. Os alunos recebem bolsa equivalente a um salário mínimo, auxílio-transporte, alimentação e seguro contra acidentes pessoais, além de um kit de uniforme completo, composto por camiseta, bota, capa de chuva, garrafa d’água, boné e equipamentos de proteção individual (EPIs).

As inscrições para novos ciclos são divulgadas no site da Sedet

Por Catarina Loiola da Agência Brasília

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília