Programa permite quitação de contas de água em aberto com juros reduzidos no DF

Caesb Negocia é oportunidade para pagar faturas vencidas até 15 de janeiro vai até 31 de maio de 2024

0
10

“Queremos permitir que todos nossos usuários possam quitar as contas vencidas em condições favoráveis e que caibam no orçamento mensal delas”, afirma Luis Antonio Reis, presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), ao lançar o programa Caesb Negocia 2024. O programa é voltado aos usuários que desejarem pagar as contas de água e esgoto vencidas até 15 de janeiro de 2024. As condições especiais para quitação das contas à vista estarão disponíveis até o dia 31 de maio deste ano.

O Caesb Negocia permite ao usuário realizar o pagamento à vista com redução de até 99% dos juros de mora. As condições diferenciadas serão oferecidas a pessoas físicas e jurídicas de todas as categorias de usuários. Nesta edição do programa, haverá também a possibilidade de reduzir em 99% os valores das multas por impedimento de leitura do hidrômetro, que variam de R$ 119,70 a R$ 1.436,40 para a categoria residencial e R$ 59,85 a R$ 2.738,50 para a categoria não residencial.

Os usuários que atendam às condições do programa serão informados em um comunicado entregue junto com a conta da Caesb de março. É preciso ficar atento, pois o vencimento deste comunicado com um código de barras especial será em até 15 dias depois da emissão. Para o pagamento à vista, haverá a redução de até 99% dos juros de mora e de possíveis multas por impedimento de leitura.

Após o vencimento do comunicado, o usuário que tiver interesse em regularizar os valores em aberto deverá realizar a negociação pelo site da companhia, opção Programa Caesb Negocia ou nos escritórios e postos do Na Hora, mediante agendamento online e atualização dos dados cadastrais.

“Essa é uma oportunidade única ao oferecermos a redução de 99% dos juros de mora dos débitos em aberto e nas multas aplicadas por impedimento de leitura. Nosso objetivo é garantir a quem mais precisa o fornecimento de água de qualidade e a coleta de esgoto adequada”, explica o presidente da Caesb, Luís Antônio Reis.

O diretor Financeiro e Comercial da Caesb, Sérgio Antunes Lemos, lembra que, para os beneficiários da Tarifa Social, o parcelamento poderá ser realizado em até 60 vezes, nos moldes do programa Desenrola Brasil, do governo federal: “Caso deseje pagar à vista, o beneficiário da Tarifa Social terá até 99% de desconto nos juros de mora. Como condições de parcelamento para esses usuários, haverá uma entrada padrão de R$ 20 e parcelas em até 60 vezes com valor mínimo de R$ 18,15, com juros de 0,01%, ao mês, bem como a redução de possíveis multas por impedimento de leitura de 99%”, afirma.

*Com informações da Caesb

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/ Caesb / Reprodução Agência Brasília