Empossados primeiros servidores da carreira previdenciária no DF

Concurso público inédito nomeou 40 concursados para atuarem no Iprev-DF; órgão é responsável por aposentadorias e pensões de mais de 140 mil pessoas

0
13

Dia histórico para a área de atividades previdenciárias. Na manhã desta segunda-feira (4), 40 nomeados no concurso público do Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev-DF) tomaram posse em solenidade no Salão Branco do Palácio do Buriti. Realizado em 2023, este foi o primeiro certame voltado para a carreira desde a sua criação, em outubro de 2022.

“O Iprev tem uma função muito importante no Distrito Federal, que é a gestão dos recursos previdenciários de mais de 140 mil servidores”, avaliou o governador Ibaneis Rocha, durante a cerimônia. “É uma responsabilidade grande manter essas contas equilibradas para que a gente possa garantir aposentadoria e pensões. Com esta posse, a gente dá um passo inicial na qualificação ainda melhor do trabalho que vai ser realizado pelo órgão.”

Entre 2023 e 2024, o Governo do Distrito Federal (GDF) nomeou mais de 8,7 mil novos servidores públicos. Saúde, Educação e Segurança Pública foram algumas das áreas que receberam reforço no quadro de pessoal.

‌Cargos

Do total de servidores empossados, são 35 analistas previdenciários, três analistas em investimentos e dois analistas em atuária. Os outros 25 profissionais que foram classificados no concurso público devem ser nomeados ainda no segundo semestre, de acordo com a diretora-presidente do Iprev-DF, Raquel Galvão. O certame ainda formou um cadastro reserva com 20 nomes.

“A missão do Iprev é trabalhar para a construção de uma previdência segura com o menor impacto possível aos contribuintes”, explicou a gestora. “Esse reforço no nosso quadro vai nos permitir avançar na gestão previdenciária com a preservação do equilíbrio financeiro e atuarial, além de manter a transparência na gestão dos recursos financeiros e previdenciários.”

Expectativa

Recém-formado em ciências contábeis pela Universidade de Brasília (UnB), Cassio Serra foi um dos empossados para o cargo de analista de investimento. O rapaz de 24 anos contou que está animado para assumir seu posto. “Pretendo ajudar os servidores a formarem um patrimônio para que, no futuro, possam se aposentar com recursos necessários para viver uma vida tranquila”, resumiu.

O novo servidor apontou que, antes da realização do certame, os funcionários do Iprev chegavam cedidos de outros órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) ou de livre nomeação. “Agora, o órgão terá profissionais especializados em previdência, o que vai melhorar ainda mais o serviço prestado aos servidores”, comentou.

Recém-empossada como analista previdenciária, Elaine Sousa, 34, concorda com o futuro colega de profissão. “Somos profissionais especializados, estudamos especificamente para atuar na área previdenciária”, observou. “Queremos fazer com que a previdência dos servidores do DF avance da melhor forma possível”.

Por Carolina Caraballo da Agência Brasília 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília