Pelo menos 30% dos alunos do RenovaDF terão emprego

Ibaneis assinará portaria para que vagas em obras do GDF sejam destinadas aos alunos do programa social

0
17

O governador Ibaneis Rocha planeja assinar uma portaria para garantir empregos a, ao menos, 30% dos alunos do RenovaDF. Ele fez a declaração, ontem, durante a cerimônia de entrega de certificados de graduação a 1.496 alunos do curso de auxiliar de manutenção, que integra o programa social.

“Em breve, nós vamos assinar uma portaria para termos mais vagas de emprego. O nosso objetivo é que 30% das turmas (do RenovaDF) saiam empregadas”, disse o chefe do Executivo local, no evento realizado no Ginásio Regional de Esportes do Cruzeiro. “Estamos fazendo uma parceria com vários segmentos (do setor produtivo) que empregam no DF”, revelou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes, detalhou que “estamos trabalhando no decreto, que é uma parceria com o Sindicato da Construção Civil (Sinduscon-DF), para que vagas que forem surgindo nas obras públicas, contratadas (pelo GDF) ou nas novas oportunidades (em projetos de infraestrutura), sejam aproveitadas pelas pessoas que fazem cursos custeados pelo governo”, explicou.

Os participantes do RenovaDF que tiveram seus certificados de qualificação entregues na presença de Ibaneis, se tornaram auxiliares de manutenção, em diferentes áreas: jardinagem, serralheria, construção civil e pintura de imóveis.

Lançado em 2021, o projeto tem beneficiado 20.545 alunos. Mais 1,5 mil estão fazendo outros cursos do programa. O Renova DF busca atender a pessoas em situação de vulnerabilidade social, como desempregados, imigrantes, gente em situação de rua e egressos do sistema prisional. Os inscritos recebem uniforme, equipamento de proteção individual, lanches e uma bolsa no valor de um salário mínimo (R$ 1.412). Também têm auxílio-transporte e seguro contra acidentes.

Por Júlia Eleutério do Correio Braziliense

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Correio Braziliense