Iniciativa promove educação patrimonial para alunos da SEE-DF

Projeto 'Seu Povo e sua História' apresenta para os estudantes aspectos da geografia e o acervo histórico do período da construção de Brasília

0
34

Alunos da rede pública do Distrito Federal têm a oportunidade de aprender história e geografia de uma maneira diferente. Nesta quinta-feira (24), 70 alunos do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 308 de Santa Maria participaram de uma visita guiada ao Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal (IHG) e puderam conhecer de perto um pouco mais sobre a construção e os patrimônios da nossa capital.

A iniciativa faz parte do projeto Seu Povo e sua História, parceria entre a Secretaria de Educação do DF (SEE-DF) e o IHG que tem como objetivo aprimorar técnicas, preservar o acervo museológico, bem como incentivar os conhecimento sobre educação patrimonial, história e geografia do DF.

“Este ano firmamos uma nova parceria com o IHG no intuito de difundir os conhecimentos de história e geografia sobre o DF. Isso faz parte do nosso currículo e da base nacional curricular, quando trabalhamos a valorização dos espaços em que os estudantes moram e ocupam e do próprio território”, explica Danilo Farias, gerente de Atenção ao Ensino Médio da SEE.

Com a parceria, a meta do novo acordo de cooperação é atender, em média, 20 mil estudantes, dos níveis fundamental e médio, nas aulas e durante as visitas guiadas nos espaços do instituto, pelos próximos cinco anos. Neste primeiro semestre, 17 instituições de ensino participaram do projeto.

“A educação patrimonial é um dos pilares para a formação da identidade cultural da população do DF. Nós sabemos que grande parte da primeira e da segunda gerações de Brasília são migrantes e ter o conhecimento das características históricas é importante”, destacou o gestor da parceria, Jackson Bittencourt.

Bittencourt ressalta também que os professores da rede pública de ensino podem participar do curso de formação continuada para professores. “São dois eixos — um voltado para os alunos e outro para os professores. Geralmente, são oferecidas 50 vagas por semestre, em aproximadamente 180 horas-aula, para aprimorar o ensino de história, geografia e o patrimônio do DF”, completa. Cinco professores da rede pública são cedidos para o IHG e são os responsáveis por ofertar o curso de formação para professores e guiar os alunos durante as visitas.

Visita guiada

Durante a visita guiada, os alunos assistiram a uma exposição multimídia sobre aspectos da história e da geografia da capital federal e visitaram o museu que guarda o acervo histórico do período da construção de Brasília.

A professora do CEF 308 Juliana Pereira acompanhou os alunos do 4º ano no passeio e comentou a importância da iniciativa. “Como educadora e pedagoga quero sempre buscar mais para os alunos e eles ficam empolgados com a novidade porque tudo é mais prático e foi ao encontro do que estávamos estudando em sala de aula durante este mês. Concluir os assuntos em um ambiente novo é muito importante”, salienta.

A aluna Estela da Silva, 9 anos, era uma das mais empolgadas: “Eu achei muito legal porque gosto muito de história. Eles contam coisas que eu não sei, sobre a cultura e o passado da nossa vida e da nossa cidade.” A estudante Ágata Helena, 10 anos, concorda. “Gostei muito do passeio e da parte que eles falaram sobre o Cerrado, e gosto também de ouvir as histórias das pessoas”, completa.

Por Agência Brasília

Foto: Lúcio Bernardes Jr./ Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília