Anote 7 dicas para conciliar as férias dos filhos com a rotina de trabalho

Psicóloga aponta estratégias para manter o controle e garantir a tranquilidade no início de um novo ano

0
12

Depois de um semestre intenso com compromissos escolares e agendas cheias de tarefas, as férias chegam para trazer alívio não só aos pequenos, como aos pais. No entanto, esse período também pode gerar preocupações, já que a rotina de atividades e entregas não dá trégua para a maioria dos pais, que, após as festas de fim de ano, já precisam retornar ao trabalho.  

Conciliar as férias dos filhos com o trabalho pode ser uma tarefa desafiadora, mas é possível encontrar um equilíbrio que atenda às necessidades tanto da família quanto do ambiente profissional. Giuliana Elisa dos Santos, psicóloga e professora do curso de Psicologia da Uniderp, destaca que é preciso ter planejamento e equilíbrio para não deixar que os dias de descanso das crianças sejam um problema na rotina familiar.  

“Antes do início das férias escolares, é essencial planejar tudo com antecedência. Verifique o calendário escolar e alinhe-o com seus horários de trabalho e, se for preciso, poderá fazer a tentativa de ajustar com sua chefia ações que te auxiliem nesse processo de adequação”, menciona. 

A seguir, a psicóloga aponta algumas estratégias para manter o controle sem perder a tranquilidade que todos desejam no início de um novo ano.  

1. Férias programadas 

Considere a possibilidade de tirar férias do trabalho durante as férias escolares. Isso permite que você aproveite o tempo com a família e evite conflitos de agenda. 

2. Redes de apoio 

Se possível, conte com a ajuda de avós, tios ou amigos para cuidar das crianças durante o horário de trabalho. Estabelecer uma rede de apoio sólida te permitirá realizar suas atividades sem preocupação. 

3. Horários flexíveis no trabalho 

Explore opções de trabalho flexíveis com dias remotos, caso tenha a possibilidade. Muitas empresas estão abertas a acordos que permitem equilibrar melhor a vida pessoal e profissional. 

4. Rotina de atividades para as crianças 

Procure programas ou acampamentos de férias que possam manter seus filhos entretidos e seguros. Iniciativas assim com atividades recreativas surgem, muitas vezes, das próprias escolas. 

5. Divisão de responsabilidades com o cônjuge 

Dar atenção às crianças nesse período é importante. Dessa forma, se os responsáveis trabalham, intercalar horários de cuidados e tarefas com o cônjuge é uma alternativa para que nenhuma das partes fique sobrecarregada.   

6. Utilização de benefícios 

Certifique-se de que sua empresa oferece ou não benefícios relacionados à assistência à infância ou férias remuneradas.  

7. Comunicação clara 

Priorize a comunicação clara e transparente com seu empregador. Encontrar soluções flexíveis para manter o funcionário produtivo e satisfeito faz parte da política de muitas empresas atualmente. 

Por Camila Souza Crepaldi

Por EdiCase do Correio Braziliense

Foto: EdiCase / Reprodução Correio Braziliense