Estudantes da rede pública do DF já podem verificar o calendário escolar 2024

O início das aulas está previsto para o dia 19 de fevereiro, com 200 dias letivos

0
22

As férias escolares começaram, mas já é possível conferir o calendário escolar da rede pública de ensino do Distrito Federal para 2024. O início das aulas está previsto para o dia 19 de fevereiro, com encerramento programado para 19 de dezembro. Na programação, os alunos terão 200 dias letivos obrigatórios.

De acordo com a Secretaria de Educação do DF (SEEDF), as Instituições Educacionais Parceiras (IEP), que correspondem às creches conveniadas, também contarão com o mesmo calendário escolar, com início das aulas em 19 de fevereiro. A pasta informa ainda que, em 2024, as escolas contarão com “dias letivos móveis”. Neste período, os colégios têm a liberdade para definir como utilizarão as datas para melhor adequar a realidade da unidade de ensino. Os dias disponíveis são: 28 de março; 31 de maio; e 8 a 10 de julho. As IEPs e os Centros de Ensino de Educação da Primeira Infância (CEPIs) não contam com esses dias flexíveis e devem seguir o cronograma já disponível pela SEEDF.

Centros Interescolares de Línguas (CIL)

Os estudantes dos Centros Interescolares de Línguas (CIL) devem ficar atentos, pois as aulas nestas unidades começam apenas uma semana depois do início letivo regular nas escolas públicas do DF. As aulas no primeiro semestre nos CILs terão início no dia 26 de fevereiro, com fim em 10 de julho. Já no segundo semestre, a programação está prevista com aulas de 5 de agosto até 20 de dezembro.

Os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Profissional e Tecnológica seguirão o mesmo calendário escolar dos CILs. A SEEDF destaca ainda que uma etapa fundamental em todo o calendário escolar, que inclui toda a rede pública de ensino do DF, é a semana pedagógica que ocorrerá de 7 a 9 e 15 a 16 de fevereiro.

“Durante esse período, os profissionais da educação se reúnem para planejar as estratégias pedagógicas e metas para o ano letivo que se inicia”, explica a pasta. O calendário escolar de 2024 completo pode ser consultado no site da Secretaria de Educação. “Com o calendário disponível, a comunidade educacional do Distrito Federal pode se preparar com antecedência para mais um ano letivo de aprendizado e desenvolvimento. Sendo importante seguir o calendário para garantir um ano letivo produtivo e de qualidade”, ressaltou.

Ao Jornal de Brasília, a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, destacou a importância da escola para se construir valores, amizades e avanços no ensino público do DF. “A escola não é um lugar apenas para estudar, é também um espaço para criar laços de amizade e convivência social. O estudo é o que nos forma cidadãos e nos dá armas para vencer as dificuldades da vida”, disse.

“Nosso desejo é que as escolas públicas do DF sejam cada vez mais atraentes, com profissionais qualificados e dedicados ao fazer pedagógico, que nossas mentes estejam sempre abertas para novos conhecimentos e que 2024 seja um ano leve, tranquilo e de muitas entregas para a sociedade”, finalizou Hélvia.

Resultado das matrículas

Para os novos estudantes que solicitaram vaga nas escolas públicas do DF, o resultado dos pedidos de matrícula está previsto para sair na próxima quinta-feira (28/12), a partir das 18 horas, no site da Secretaria de Educação. O estudante, pai ou responsável deve comparecer à escola na qual foi contemplado para confirmar a matrícula no período de 3 a 10 de janeiro de 2024.

Para efetivar a matrícula alguns documentos (originais e cópias) são necessários, como:

Documento de identificação do estudante, como Carteira de Identidade/Registro Geral (RG);

Certidão de Nascimento ou outro documento oficial com foto;

CPF do estudante;

Carteira de Identidade/Registro Geral ou CNH do responsável legal pela matrícula do estudante;

CPF do responsável legal pela matrícula do estudante;

Declaração Provisória de Matrícula (DEPROV) ou Histórico Escolar;

Comprovante de residência e/ou do local de trabalho, conforme o endereço indicado no ato da inscrição;

Duas fotografias 3×4;

Comprovante de tipagem sanguínea e fator RH, nos termos da Lei Distrital nº 4.379/2009;

Carteira de Vacinação, conforme Lei nº 6.345/2019;

Número de Inscrição Social (NIS) do estudante;

Número de Inscrição Social (NIS) do responsável legal pela matrícula do estudante.

Por Carolina Freitas do Jornal de Brasília

Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília / Reprodução Jornal de Brasília