Águas Claras recebe mais 500 luminárias de LED 

Mudança contribui para aumentar a segurança de toda a população, além de o equipamento ser mais durável que o sistema convencional

0
29

Quem transitar pelas principais avenidas de Águas Claras durante o período da noite vai notar que as vias estão mais iluminadas. A Companhia Energética de Brasília (CEB) concluiu a substituição de mais de 500 luminárias antigas por LED.

Foram beneficiadas as avenidas Boulevard Sul e Norte, Pau Brasil, Sibipiruna e Jacarandá, as praças das estações de Metrô Águas Claras e Concessionárias e as ruas Manacá, Tamboril, Ipê Amarelo, 4 Norte, das Pitangueiras, 13 Sul, 19 Sul, 31 Norte e 26 Norte. 

Com investimento de R$ 789 mil originários de emenda parlamentar do deputado Daniel de Castro, a melhoria tem grande impacto na sensação de segurança dos moradores e frequentadores do local. Luiza Andrade, 25, já está sentindo essa mudança. Ela trabalha no comércio e sempre sai do trabalho após as 22h para pegar transporte público para sua casa, em Águas Lindas (GO).  

“Apesar de estar relativamente perto do meu trabalho, o ponto de ônibus era um pouco escuro com as lâmpadas amarelas”, conta. “A gente sempre ficava com medo de ser assaltada. Não dava para ver se tinha alguém se aproximando. Todo dia era uma aflição.”

Visão ampliada

O contentamento foi grande, lembra ela, quando ligaram as luzes de LED: “Quando saí do trabalho, parecia que estava de dia, de tão claro. Imediatamente veio uma sensação de segurança e alívio por essa melhoria. Até em dias de chuva, a gente consegue ver muito bem tudo que está ao nosso redor.” 

Quem também comemora a medida é a aposentada Marilene Soares, 48, cuja filha faz faculdade no período noturno: “Coração de mãe sempre fica apertado e com medo de acontecer alguma coisa no caminho, ainda mais que o trajeto que ela fazia era um pouco escuro. Tinha luz, mas era mais fraca do que essa que tem agora.  Quando ligou essa iluminação nova, ficou muito lindo, tudo muito mais claro.”

 A ação faz parte do programa Luz que Protege, criado para trocar toda a iluminação pública do Distrito Federal por LED em até três anos. Marilene Soares diz ter notado que mais gente tem andado nas ruas após a nova iluminação:  “As pessoas preferem fazer caminhada e descer com os cachorros nessas ruas que já tem iluminação foi trocada por essa mais forte.”
*Com informações da CEB Ipes

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/CEB Ipes / Reprodução Agência Brasília