GDF Presente reforma espaço de lazer do Setor de Mansões de Taguatinga

Entre os serviços, estão pintura do parquinho infantil e do ponto de encontro comunitário, além de capina e roçagem no local

0
1372

Empresário do ramo de flores, Demian Machado, 47 anos, morador do Setor de Mansões Sul de Taguatinga, gosta de usar o tempo livre para praticar exercícios no Ponto de Encontro Comunitário (PEC) da Quadra 20 do setor, localizado bem próximo de sua casa.

Do lado do PEC, funciona também um parquinho infantil bastante frequentado pelas crianças locais. “É um lugar agradável, malho quase todo dia aqui. Como é perto de casa, vou a pé mesmo”, conta. “Quando minha filha era pequena ela vinha todo dia”, emenda. Por isso, estava incomodado com o estado de penúria da área, cercada de mato e sujeira.

Na manhã dessa segunda-feira (27), o cenário no lugar, no entanto, era diferente, com cinco reeducandos da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) – vinculada à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) – dando uma faxina geral no espaço.

Além da roçagem e capina, serão pintados os brinquedos do parquinho, que terá toda a areia trocada. Também vão ganhar tinta nova o piso e os aparelhos de ginástica do PEC. A areia do parquinho será toda trocada. A previsão é de que os trabalhos fiquem prontos até quarta-feira (29).

O serviço realizado pelo GDF Presente foi motivado por pedidos dos usuários, via canal da Ouvidoria da Administração Regional de Taguatinga. “O GDF Presente é um braço forte de apoio nas demandas diárias das administrações, muitas delas incentivadas por pedidos dos moradores”, explica o coordenador do Polo Oeste 2 do GDF Presente, Elton Walcacer da Silva.

Espaço atende todas as idades

Há quatro anos morando no Setor de Mansões Sul de Taguatinga, o jovem casal Filipe e Kamila Rebouças Miranda – ele, 31 anos, diretor de tecnologia da informação, ela, 30, pedagoga – acha essenciais os serviços de manutenção dos equipamentos públicos da cidade. “Excelente essa preocupação do estado na correição desses espaços, que são bastante usados pela população”, comenta Filipe.

“Nosso bebê só tem 4 meses, mas daqui a pouco ele estará grandinho e vamos trazê-lo para brincar aqui, com certeza. E será bom que o espaço esteja em condições adequadas”, torce.

O empresário Demian Machado também festeja a reforma do espaço, um ponto de encontro de jovens e idosos.  “Como pagadores de impostos, a gente sempre quer e temos direito que esses aparelhos públicos estejam em condições melhores”, explica. “Que bom que o pedido da população foi respeitado”, agradece.

Por Agência Brasília com informações de PH Paiva

Foto: Paulo H Carvalho/Agência Brasília