Folia segura marca a noite de sábado de Carnaval no DF

Cidade Policial, montada na Torre de TV, mostra a integração entre as forças de segurança e demais órgãos do Governo do Distrito Federal

0
103

Ações preventivas e agilidade em atendimentos garantiram segurança aos foliões do Distrito Federal no segundo dia de Carnaval. A Cidade Policial, montada na Torre de TV com objetivo de dar mais celeridade aos atendimentos de ocorrências e à prestação de serviços durante a folia, surtiu efeito.

Este é o segundo ano que uma estrutura de segurança é montada como base de apoio e para atendimentos na região central de Brasília. A primeira vez foi em 2020, antes da pandemia. O espaço marca a integração das forças de segurança do Distrito Federal. “O local foi escolhido devido à concentração da maior parte dos eventos carnavalescos cadastrados ocorrerem nesta região. A facilidade de atendimento e a proximidade entre os operadores da Segurança Pública facilitam o trabalho, e quem ganha é a população do DF”, destaca o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

As regiões administrativas também contam com policiamento reforçado. “Reforçamos o trabalho em todas as cidades, por meio dos batalhões locais e pontos de demonstração, espaços escolhidos de forma estratégica para abrigar viaturas e servidores da segurança, com o objetivo de coibir a criminalidade, atender com mais agilidade e presteza e, ainda, contribuir com a sensação de segurança da população”, completa.

Ocorrências

Foram registradas 31 ocorrências policiais entre sábado (18) e a madrugada deste domingo (19). Dessas, houve sete roubos, incluindo cinco a transeuntes, e sete furtos – a maioria, de celulares. Outros sete crimes de naturezas diversas tiveram registro, como lesão corporal, porte de arma branca e tráfico de drogas. Na madrugada de domingo, houve um acidente de trânsito com vítima e ainda dois casos de lesões corporais. Um foragido do Sistema Penitenciário foi preso portando identidade falsa.

A Polícia Civil do DF reforça a importância do registro de ocorrência, seja por meio digital, seja presencialmente, nas regiões administrativas ou na Cidade Policial, que conta com apoio da Delegacia Móvel.

Os efetivos das delegacias da área central – 1ª e 5ª – e regiões administrativas tiveram plantões reforçados, assim como as delegacias da Criança e do Adolescente (DCA) e Especial de Atendimento à Mulher (Deam).

Polícia Militar

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) fez diversas abordagens e atuou de forma preventiva em todos os eventos de Carnaval. De acordo com o porta-voz da corporação, major Michelo Bueno, a operação transcorreu com tranquilidade. “Os policiais foram destacados para atendimento de demandas em todos os locais onde estavam ocorrendo festas carnavalescas. Além das linhas de abordagem nas proximidades do metrô e da Rodoviária do Plano Piloto, os policiais revistaram pedestres nas proximidades dos blocos e recolheram objetos cortantes e garrafas”, relata

Também participam do policiamento da Operação Carnaval 2023 equipes especializadas, como as da Cavalaria, Batalhão de Trânsito, motopatrulhamento, Batalhão de Operações Aéreas (Bavop) e de Cães (BPCães), além de Rotam e Choque.

Vistorias

A Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil está atuando no Carnaval 2023 por meio da fiscalização de estruturas provisórias dos eventos. Itens como geradores, tendas, pórticos, arquibancadas, circuitos elétricos e carros de som, além da estabilidade e do aterramento de todas as estruturas, são verificados. O foco é a segurança dos usuários. No sábado, as equipes vistoriaram 18 eventos carnavalescos no Plano Piloto.

Mudanças no trânsito

O monitoramento e a organização do trânsito dos grandes blocos com deslocamento está a cargo do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), da PMDF. Neste domingo (19), o bloco Raparigueiros está com concentração nas proximidades do Eixo Cultural Ibero-americano (antiga Funarte). Há interdições previstas para a região, devido à passagem do bloco. A partir das 15h, o trânsito na via N1 será bloqueado nas proximidades da Torre de TV. Os motoristas serão direcionados para a via N2, entre os shopping centers da região e o Setor Hoteleiro Norte.

“Este (o Ciob) é um suporte muito importante para avaliação de cenários e posicionamento de efetivo”Sandro Avelar, secretário de Segurança Pública

O trajeto previsto para os foliões, a partir do ponto de concentração, é o deslocamento até as proximidades do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). De lá, poderão acessar a via S1. O trânsito na S1 será transferido para o Parque da Cidade nesse momento. A liberação para passagem de veículos ocorrerá após a dispersão e a limpeza das vias, previstas para a meia-noite. A previsão é que o bloco inicie o trajeto às 20h, seguindo pela via N1.

Videomonitoramento pelo Ciob

A folia está sendo monitorada pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que reúne 29 órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal (GDF) voltados para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização. “Este é um suporte muito importante para avaliação de cenários e posicionamento de efetivo”, ressalta o titular da SSP.

Pequenos foliões

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) reforça a importância da identificação de crianças. Ainda dá tempo de fazer o crachá disponibilizado pela corporação, por meio deste link.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atuou no sábado de Carnaval por meio de rondas periódicas e preventivas nos eventos. Os militares seguem posicionados em pontos estratégicos, como Torre de TV, Autódromo, Setor Comercial Sul, Setor de Autarquias Norte e Parque da Cidade.

Na área central, foram realizados 12 atendimentos, oito deles por alcoolemia ou substâncias psicoativas. O foliões foram atendidos no local, numa estrutura montada em atuação integrada com a Secretaria de Saúde (SES), por meio do Samu, nas proximidades da Torre de TV.

O Comando Móvel e viaturas de pronto emprego da corporação estão posicionados na Cidade Policial. Qualquer acionamento pode ser feito por meio do telefone 193.

“As operações de trânsito nesses locais têm por objetivo abordar o condutor com potencial de causar acidentes de trânsito. Logo, quando o agente autua esse condutor e o retira de circulação, o risco de mortes no trânsito diminui”Wesley Cavalcante, diretor de Policiamento e Fiscalização do Detran

Detran

Da noite de sábado até a madrugada deste domingo (19), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) realizou operações de patrulhamento e blitz em três regiões administrativas. As equipes de fiscalização estiveram presentes no Gama, Sudoeste e Taguatinga.

Os agentes de trânsito fizeram 125 abordagens e flagraram 17 condutores dirigindo sob a influência de álcool. Durante as operações, três condutores foram autuados por não possuírem habilitação e três por estarem com a CNH vencida. Além disso,  17 veículos foram removidos para os depósitos.

Um dos pontos de blitz foi a Avenida Principal do Sudoeste, em razão das festividades de Carnaval nos bares da cidade. “As operações de trânsito nesses locais têm por objetivo abordar o condutor com potencial de causar acidentes de trânsito. Logo, quando o agente autua esse condutor e o retira de circulação, o risco de mortes no trânsito diminui”, explica o diretor de Policiamento e Fiscalização do Detran, Wesley Cavalcante.

Prisões

Durante as operações em Taguatinga e no Sudoeste, cinco pessoas foram presas pelas equipes de fiscalização, com apoio da PMDF: duas por embriaguez ao volante, duas por fazerem manobras perigosas e uma por desacatar os agentes de trânsito. Os condutores foram encaminhados à delegacias de polícia do Cruzeiro (3ª DP), Taguatinga Centro (12ª DP) e Hélio Prates (17ª DP).

Acidentes

Por volta da meia-noite, o Detran foi acionado pelo Ciob, após acidente de trânsito na Avenida Samdu Norte, altura da QNE 24, em Taguatinga. Um veículo colidiu com um ônibus ao avançar a via preferencial. Equipes do CBMDF compareceram ao local, mas verificaram que não havia vítimas. A equipe identificou que o condutor possuía fortes sinais de alteração da capacidade psicomotora e solicitou que fosse submetido ao teste do etilômetro – que apontou resultado de 0.45 mg/l. O condutor foi levado à 12ª DP e preso em flagrante.

DF Legal

Para assegurar a diversão com segurança dos foliões, a Secretaria DF Legal está inserida no planejamento da Operação Carnaval 2023. Desta forma, foram distribuídas 110 equipes por toda a programação de Carnaval, para assegurar a fiscalização do licenciamento de ambulantes, bem como das mercadorias permitidas para comercialização, e também o correto licenciamento dos eventos com a respectiva vistoria de todos os órgãos de segurança.

A equipe noturna da secretaria registrou uma apreensão de bebidas destiladas em um ambulante que funcionava na SCLN 205/206 sem autorização para tal comércio.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Por Agência Brasília

Foto: André Feitosa/SSP / Reprodução Agência Brasília