Torre de TV recebe shows de viola caipira neste fim de semana

Serão 16 apresentações musicais, com duração de 45 minutos cada; projeto homenageia os 63 anos de Brasília

0
59

Chora, viola! Desde o dia 23 de abril, o projeto cultural Viola em Quatro Cantos se apresenta em vários pontos do Distrito Federal (DF) em homenagem ao 63º aniversário de Brasília. O projeto já passou por estações de metrô do DF e promete agitar a Torre de TV neste sábado (29) e domingo (30), a partir das 11h.

A dupla de violeiros Macedo & Mariano é a idealizadora do projeto, que foi contemplado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC). A premissa é valorizar e dar mais visibilidade ao instrumento de dez cordas, a viola caipira.

“O projeto tem esse cunho itinerante, que tem o foco no público transeunte. Nosso mote principal é a música caipira, mas em cada apresentação nós trazemos um convidado, independentemente do gênero musical, com a utilização da viola caipira”, detalhou Mariano.

“É um projeto muito legal porque leva apresentação artística àquelas pessoas que passam por ali e que, às vezes, nunca nem tiveram a oportunidade de assistir a um artista ao vivo”Karen Parreira, artista independente, produtora cultural e violeira

Ao todo, serão 16 apresentações musicais, em formato pocket shows, com duração de 45 minutos cada. O projeto também conta com um intérprete que traduz simultaneamente as letras para a Língua Brasileira de Sinais.

A artista independente, produtora cultural de Brasília e violeira Karen Parreira é uma das convidadas para se apresentar nesta sexta-feira (28), às 18h, na Estação Samambaia. “É um projeto muito legal porque leva apresentação artística àquelas pessoas que passam por ali e que, às vezes, nunca nem tiveram a oportunidade de assistir a um artista ao vivo”, defendeu.

Confira o roteiro do Viola em Quatro Cantos para este fim de semana:

29/4 – Sábado
Feira da Torre de TV, com Caravana Caipira, às 11h.

30/4 – Domingo
Feira da Torre de TV, com Dayane Reys, às 11h.

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Projeto Quatro Cantos / Reprodução Agência Brasília