Policial militar do DF é a nova Miss Beleza Milênio Internacional

Tainá Bucar, que atua como capitã na corporação, é a grande vencedora da edição deste ano do concurso, realizado na República Dominicana

0
39

A capitã da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) Tainá Bucar, 36, encarou nos últimos dias mais um desafio na vida. Desta vez, não foi nenhuma operação de risco envolvendo embates e viaturas: ela acaba de trazer para Brasília e para o país o título de Miss Beleza Milênio Internacional 2023, na categoria Sênior. 

O título foi conquistado em concurso realizado no dia 22, na República Dominicana. Concorrendo com outras 21 participantes europeias e de países da América do Sul e da América do Norte, a policial foi premiada em cinco categorias: melhor personalidade, traje típico, passarela, melhor cabelo e corpo.

“Nunca me imaginei nesse papel, mas encarei como um desafio, assim como encaro diariamente a polícia”, conta. “As pessoas me conhecem na corporação pela minha força bruta, e o concurso veio aflorar um lado mais delicado e até mesmo doce que eu não sabia que tinha. Foi uma preparação além do corpo e da dieta, foi um preparo físico e mental, uma experiência diferente e bem bacana.” 

Desde agosto do ano passado, quando foi abordada por um “olheiro”,  a militar vem se preparando para as passarelas. Em novembro, conquistou o título de Miss Sênior Brasil 2023, o que lhe garantiu a vaga para concorrer à premiação internacional.

Destaque no trabalho

Há 15 anos na PMDF, Tainá também se destaca na corporação. “Fui a única mulher a fazer os três cursos do Batalhão de Choque da PM [Patrulhamento tático móvel-Patamo, Operações químicas e Operações de choque]”, conta. “Também integrei o Batalhão de Choque, fui subcomandante da unidade e já coordenei um curso para a polícia do Amapá”.

Graduada em educação física, Tainá sempre atuou com dedicação. “A Polícia Militar é minha paixão”, comemora. “Ser PM é representar o meu estado, é atuar na segurança pública e defender as pessoas do mal. A minha formação também é em saúde, então é sempre pensar no outro. É saúde e segurança juntos”.

O reinado da miss vai durar um ano. Se o regulamento for o mesmo seguido pelo Miss Universo, ela não poderá concorrer novamente ao título. Em 2024, voltará  à República Dominicana para repassar a faixa. Até lá, mantém a rotina intensa na PMDF e os compromissos que eventualmente precise assumir por conta do título conquistado. “Agora, quero descansar e comer uma pizza”, brinca.

Por Agência Brasília

Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília