Processo seletivo da UnDF atrai mais de 8 mil inscritos

Publicação da classificação final está prevista para 11 de julho

0
30

As inscrições para o primeiro processo seletivo da Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes (UnDF) reuniram 8.236 interessados. A instituição de ensino vai ofertar nove cursos de graduação, sendo que metade das vagas serão destinadas a estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas.

‌Em 28 de junho, a UnDF divulgará a lista de homologados e as notas, enquanto o prazo para recursos será de 29 de junho a 4 de julho. No dia 11 de julho, a universidade publicará a classificação final do processo seletivo, e o período de matrícula dos aprovados está previsto para 17 a 21 de julho

“O processo seletivo foi um sucesso. O número de inscrições superou as nossas expectativas. Estamos todos muito animados e otimistas com a chegada dos novos alunos que vão estudar na UnDF. Toda a Comissão do Processo Seletivo trabalhou muito para que tudo ocorresse de forma simplificada, dentro da legalidade e cumprindo efetivamente o cronograma estabelecido, bem como a política pública que se pretende para o DF e a Ride”, afirma a presidente do processo seletivo estudantil da UnDF, Tamahine Santos Sales.

O processo seletivo gratuito foi feito exclusivamente pela internet e encerrou-se na quarta-feira (21). Segundo a UnDF, a seleção dos candidatos ocorrerá com base nas notas de um dos últimos cinco anos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de 2018 a 2022. O ano a ser considerado ficará a critério do candidato. É necessário comprovar a conclusão do ensino médio.

Em 28 de junho, a UnDF divulgará a lista de homologados e as notas, enquanto o prazo para recursos será de 29 de junho a 4 de julho. No dia 11 de julho, a universidade publicará a classificação final do processo seletivo, e o período de matrícula dos aprovados está previsto para 17 a 21 de julho. As aulas começam no segundo semestre, no campus Norte, localizado no CA 2 do Lago Norte.

‌O resultado dos aprovados será o somatório das notas obtidas dos seguintes campos do Enem: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Redação.

‌Em caso de empate no resultado final, serão adotados os seguintes critérios, nesta ordem: candidato não ter nível superior completo; não estar matriculado em curso de nível superior, em outra instituição de ensino superior pública; ter idade igual ou superior a 60 anos até o último dia de inscrição no processo seletivo; ter maior nota na prova de Redação; ter a maior idade.

Cursos

Os cursos inicialmente previstos são os seguintes: Pedagogia; Matemática; Engenharia de Software; Sistemas de Informação; Gestão Ambiental; Serviço Social; Produção Cultural; Gestão Pública e Gestão da Tecnologia da Informação.

‌Cada um desses nove cursos ofertados terá 40 vagas, nos turnos matutino e noturno, para bacharelado, tecnológico e licenciatura. Do total de vagas, 50% são destinadas a estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas.

‌A previsão de duração mínima dos cursos varia entre cinco e oito semestres. Das 40 vagas, 20 são destinadas para as cotas estabelecidas para alunos de escolas públicas, negros, indígenas e pessoas com deficiência. As outras 20 são de ampla concorrência.

‌A divulgação do processo seletivo ocorreu em 31 de maio, dia em que o Governo do Distrito Federal (GDF) nomeou os primeiros 80 professores e tutores da universidade e também divulgou a cessão de um terreno da Secretaria de Saúde para a UnDF construir o campus de Ceilândia.

‌Mais informações sobre a UnDF podem ser obtidas no site.

Por Agência Brasília

Foto: Renato Alves/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília