Governo institui Dia em Defesa da Democracia no calendário oficial do DF

A data será lembrada todo 8 de janeiro com o objetivo de reafirmar o compromisso com o regime político do país

0
49

O governador Ibaneis Rocha sancionou, nesta sexta-feira (21), a Lei nº 7.297, que institui no calendário oficial do Distrito Federal o Dia em Defesa da Democracia. A data será lembrada sempre em 8 de janeiro, reforçando o compromisso com o regime político do país. A norma foi publicada na edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O dia ficou marcado na história brasileira devido aos atos antidemocráticos na Esplanada dos Ministérios contra os Três Poderes. Os ataques resultaram em invasões e depredações do patrimônio público do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF), além da prisão de 1.398 pessoas envolvidas nos atentados.

“O dia 8 de janeiro foi um momento muito difícil para o Distrito Federal e para todo o Brasil. É importante que a gente não esqueça o que aconteceu para que não se repita nunca mais”, afirma o governador.

O projeto que deu origem à lei foi aprovado na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) em 27 de junho. A autoria é do deputado distrital Gabriel Magno.

Por Agência Brasília

Foto: Sergio Lima/AFP / Reprodução Jornal de Brasília