Equipes de saúde levam serviços ao Capital Moto Week

UBSs do Lago Norte e da Granja do Torto ofertaram vacinas, testes rápidos, exames de glicemia e cadastramento do SUS, entre outras ações

0
55

O Capital Moto Week (CMW) completa 20 anos nesta semana e contou com a presença da Secretaria de Saúde (SES-DF) na oferta de serviços importantes ao público. Equipes da pasta disponibilizaram vacinas, testes rápidos para várias doenças, exame de glicemia, aferição de pressão, educação em saúde, entrega de kit de higiene odontológico e cadastramento de dados dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Ao total, foram 800 entregas.

Os profissionais das Unidades Básicas de Saúde (UBS) 1 do Lago Norte e 5 da Granja do Torto ficaram alocados na Vila do Bem – complexo dentro do evento com diversos serviços – por três dias, tanto pela manhã quanto à tarde. A ambulância Consultório na Rua também estava disponível no local para testagem e escuta ativa para orientação e encaminhamentos.

Gerente nas duas unidades de saúde, Cristiane Vieira destaca a importância da participação estratégica da SES-DF nos eventos populares e de grande circulação. “É um trabalho muito especial. Aqui, percebemos que conseguimos alcançar aquela pessoa que está na estrada e que muitas vezes não faz o seu acompanhamento. Com isso, fomos um ponto de controle e cuidado para outros encaminhamentos”, explicou. Em média, cerca de 400 pessoas circularam por dia no espaço durante a ação da pasta, além daquelas de diversas partes do Brasil e do mundo que estão acampadas no CMW.

A ação da SES-DF é mais uma atuação extramuros que visa, principalmente, oferecer o serviço de vacinação à população. A cuidadora de crianças Dora Soares aproveitou o momento de lazer para ouvir as orientações dos profissionais e recebeu kits odontológicos. “Ter esses serviços ajuda muito, porque evita que eu vá ao postinho [UBS]. Já aproveitei e adiantei algumas coisas por aqui. Gostei demais”, relatou.

Aferição da pressão e testes de glicemia e de infecções sexualmente transmissíveis são serviços essenciais para evitar doenças como as vasculares, a sífilis e as hepatites.

Para a dentista Juliana Salustiano, uma das servidoras que contribuiu na ação, a iniciativa superou as expectativas. “Como é um evento bem diferente do que costumamos participar, a procura nos surpreendeu, especialmente porque as pessoas chegavam aqui com as suas famílias e crianças. Acreditamos que o período de férias também ajudou. Muitas pessoas acampadas tiveram interesse em utilizar os serviços que trouxemos”, contou. Salustiano garantiu que a unidade seguirá realizando atividades que seguem a mesma linha.

Atendimento

Vários serviços para a população estão disponíveis nas UBSs, que atendem no sistema de portas abertas e são a entrada para o SUS. Confira aqui o horário de atendimento e o local de referência. As unidades são referenciadas e atendem determinada população de acordo com o endereço residencial.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Érika Bragança/Agência Saúde-DF / Reprodução Agência Brasília