Guará recebe Circuito Centro-Oeste de Bicicross neste domingo (20/08)

Pista da modalidade foi reformada pelo GDF, em uma parceria entre administração regional e Novacap, para receber os mais de 120 atletas que disputam as 33 categorias do torneio. Investimento foi de cerca de R$ 200 mil

0
63

Manobras que desafiam a gravidade são marcas registradas do bicicross, esporte em que é preciso ultrapassar, no menor tempo possível, uma série de obstáculos. Neste domingo (20), o Guará recebe o Circuito Centro-Oeste de Bicicross, etapa regional do campeonato nacional. A disputa começa às 9h e será realizada na pista especial para a modalidade localizada no Centro Administrativo Vivencial e Esporte (Cave). A partir das 17h, haverá shows das bandas Jah Live e Os Cabelo Duro. Para participar do evento, o público deve levar 1kg de alimento não perecível.

O circuito precede o campeonato nacional e é válido para pontuação dos atletas no ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), além da premiação em dinheiro. Mais de 120 atletas participarão em 33 categorias. No sábado (19), o evento começa com os treinos oficiais na pista.

“A modalidade vem crescendo a cada dia aqui na nossa cidade com o aumento do número de adeptos. A realização deste campeonato resulta no comprometimento do GDF em dar apoio e condições favoráveis para o fortalecimento e acesso ao bicicross”, afirma o secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro. A pasta destinou R$ 143 mil no evento.

Única pista de bicicross no Distrito Federal apta para o treinamento conforme os padrões internacionais, o espaço foi reformado pelo Governo do Distrito Federal em uma parceria entre a Administração Regional do Guará e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Foram investidos cerca de R$ 200 mil para o recapeamento asfáltico das pistas, com uso de 250 toneladas de material, além da pintura dos alambrados, limpeza, capina, entre outros serviços.

“Hoje, com a reforma que fizemos, a primeira desde 1990, temos a melhor pista de bicicross do Centro-Oeste”, avalia o administrador regional do Guará, Artur Nogueira. “O espaço está preparado para receber campeonatos mais importantes e para fornecer o melhor treinamento possível para os nossos atletas”, completa.

Dezesseis vezes campeão brasileiro, o atleta Wellington Fernandes é um dos organizadores do torneio. Ele afirma que existem outras duas pistas no DF: uma em Santa Maria e outra em Sobradinho. Nenhuma, porém, tão boa quanto a do Guará. “Essa é a melhor da capital. É uma pista de 360 metros quadrados, com obstáculos de técnica e pulo”, observa. “Queremos colocar Brasília de novo no circuito nacional e essa etapa é o pontapé para esse objetivo”, almeja.

Martin Barreiro, integrante da Associação Brasiliense de BMX do Distrito Federal, celebra a entrega da pista e a promoção do circuito regional. Ele é pai de Ravi, 5 anos, um dos competidores deste final de semana. “Estamos muito confiantes. Se ele não levar o primeiro lugar, com certeza estará o pódio. Essa pista ficou ótima. Vai nos ajudar muito em treinamentos para o futuro”, afirma.

Expansão da modalidade

Semanalmente, um grupo de atletas se dedica a formar novos talentos com aulas gratuitas no complexo esportivo do Guará. As atividades ocorrem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 19h30 às 21h30. Para participar, basta ter uma bicicleta do tipo BMX e comparecer nas datas divulgadas.

Serviço
Circuito Centro-Oeste de Bicicross
Data: domingo (20)
Horário: a partir das 9h
Endereço: Pista de bicicross do Guará, no Centro Administrativo e Vivência (Cave)
Entrada: 1kg de alimento não perecível

Por Agência Brasília

Foto: Geovana Albuquerque/ Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília