Parque da Cidade tem ação de sensibilização sobre aleitamento materno

Secretaria de Saúde, em parceria com outros órgãos do GDF, promoveu diversas atividades neste domingo (20), como conversas e vacinação

0
30

O Parque da Cidade foi mais um palco para ações da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) neste domingo (20). Em parceria com outros órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) e instituições, famílias puderam participar de várias atividades de saúde, como vacinação, testagem e rodas de conversa. Cerca de 800 pessoas circularam no evento até o encerramento.

O mês do aleitamento materno, Agosto Dourado, traz vários eventos de sensibilização, cuidado e capacitação. Na Secretaria de Saúde do DF, desde o primeiro dia em que a data oficial é celebrada, os profissionais realizam diversas ações nas unidades da pasta, desde as básicas até as de alta complexidade, como o Hospital de Base do DF. Com a atuação dos bancos de leite, os profissionais aproveitam para captar mais doadoras para as maternidades de neonatologia da rede pública e privada.

Só no Sistema Único de Saúde (SUS), cerca de 250 bebês internados por dia em hospitais precisam de leite materno. A pasta registrou no último mês 50% de doadoras a menos que o mês anterior, e segue na sensibilização da população para manter o estoque do Banco de Leite Humano do Distrito Federal adequado, o que torna a campanha ainda mais importante.

“O Distrito Federal tem uma rede robusta e com visibilidade internacional. Isto é fruto de muito trabalho junto às equipes e de servidores comprometidos. Além disso, mesmo com todo o comprometimento, não seria possível essa rede, sem a sensibilização das mamães. Este é um trabalho diário que acontece tanto nos bancos de leite, nas unidades básicas de saúde e nos hospitais. Com muito esforço que vem ao longo de mais de 40 anos de história, conseguimos tirar as fórmulas de nossas maternidades para os bebês internados na neonatologia”, ressalta a coordenadora do Banco de Leite do DF, Miriam Santos.

Na última semana, a SES-DF recebeu uma delegação de Moçambique para treinamento e conhecimento das unidades da rede pública. A equipe veio aprender os processos e entender toda a logística que é compartilhada com as equipes do Corpo de Bombeiro Militar do Distrito Federal (CBMDF).

A servidora da Saúde Mariane Curado participou com a família no evento deste domingo. Mariane, que é mãe e amamenta o pequeno Natan, ressaltou a importância de iniciativas assim para dar visibilidade aos serviços gratuitos oferecidos no SUS e que ajudam de forma significativa as mães que passam por dificuldades nesse período de amamentação.

“Eu considero este evento um sucesso, porque, além de ver a Saúde aqui, tem tantos outros parceiros que apoiam a amamentação de maneiras diferentes. Geralmente, as pessoas não ligariam os bombeiros, por exemplo, ao trabalho do banco de leite, às parcerias hoje com a Secretaria da Mulher, que tem a Casa da Mulher ajudando nesse fortalecimento feminino. Acho a ideia muito maravilhosa, e no parque, que é um lugar democrático, chama bastante a atenção de quem passa. Mesmo sem amamentar, as pessoas vêm, interagem e acabam conhecendo os serviços”, ressaltou Mariane.

Na ação do aleitamento materno, a SES-DF também promoveu a educação em vigilância ambiental, com equipe distribuindo material informativo sobre combate ao mosquito Aedes aegypti e seu desenvolvimento, por exemplo. A população contou ainda com orientação em saúde mental com a equipe da Diretoria de Saúde Mental da SES-DF.

Parcerias

O projeto é uma parceria do GDF, com as secretarias de Saúde, da Mulher, da Justiça e Cidadania e do Esporte e Lazer, além do CBMDF, Administração do Plano Piloto, Caesb e Instituto Bombeiros de Responsabilidade Social (Ibres). Há ainda apoio de parceiros como Sesc Saúde, BRB, Sociedade de Pediatria do DF, conselhos federal e regional de Enfermagem e sindicatos dos Enfermeiros e dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem no DF.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Por Agência Brasília

Foto: Paulo Rocha/SES-DF / Reprodução Agência Brasília