Missa em homenagem às crianças reúne centenas na Esplanada dos Ministérios

A solenidade abriu o tributo a Nossa Senhora Aparecida, com mais duas missas às 15h e às 17h; expectativa de 70 mil pessoas até o final do dia

0
26

Centenas de fiéis estiveram na manhã desta quinta-feira (12) na Esplanada dos Ministérios para acompanhar a missa em homenagem às crianças durante as comemorações de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. A solenidade teve início às 9h e foi conduzida pelo secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e bispo auxiliar de Brasília, Dom Ricardo Hoepers. Ao longo do dia, serão realizadas mais duas missas, às 15h e às 17h. Esta última contará com a participação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, acompanhado da primeira-dama Mayara Noronha Rocha.

“Estamos vivendo um momento delicado. Quantas crianças hoje estão sofrendo a perda do pai e da mãe nos conflitos pelo mundo inteiro? Que Nossa Senhora Aparecida cuide do Brasil, dos brasileiros e das crianças!” Dom Ricardo Hoepers, bispo auxiliar de Brasília

Estreante na celebração, o clérigo conduziu a primeira missa abençoando as crianças e pedindo paz para o mundo, em especial no Oriente Médio e na Ucrânia, que passam por guerras. Várias crianças participaram da cerimônia, tanto ao lado do bispo auxiliar quanto na condução dos cantos no coral infantil da Paróquia Imaculada Coração de Maria.

“Que Maria ajude as famílias a enfrentarem os problemas”, conclamou. “Estamos vivendo um momento delicado. Quantas crianças hoje estão sofrendo a perda do pai e da mãe nos conflitos pelo mundo inteiro? Vamos lembrar das nossas crianças! Que Nossa Senhora Aparecida cuide do Brasil, dos brasileiros e das crianças!”

Devoção familiar

A aposentada Maria de Fátima Sousa, 59, é devota da Nossa Senhora Aparecida. Todos os anos, reúne a família – filhos e netos – e vai celebrar a santa na Esplanada dos Ministérios em 12 de outubro. 

“Venho devido a uma graça que alcancei”, contou. “Eu tinha um problema de saúde, pedi que Nossa Senhora me curasse e prometi que, se a graça fosse alcançada, eu viria todos os anos na celebração. Ela me curou e eu passei a vir. Gosto de vir à missa das crianças para que meus netos possam participar e brincar também.”

A família Dias de Paiva também vai religiosamente, todo 12 de outubro, para a celebração da padroeira. O motoboy Ricardo, 39, levou as filhas Milena e Mayara à celebração. “Meu pai faleceu justamente no dia de Nossa Senhora Aparecida”, lembrou. “Tornou-se um dia ainda mais importante para a gente, então a gente vem todos os anos em família”. 

A mãe dele, Marizete, disse que tinha o hábito de frequentar a missa das 17h, mas, desde que o marido morreu, prefere ir à solenidade de manhã para ficar com as netas. “Gosto de estar próxima de Deus, e, como as crianças seguem o que a gente faz, faço questão de passar esse exemplo – espero que elas sigam”, comentou.

Após a cerimônia, por volta das 10h, as crianças puderam aproveitar os brinquedos infláveis montados na parte final do gramado. Entre os que curtiram, estava o pequeno Heitor Souza, 2, filho do casal Breno Souza e Thaisa Gomes. “Sempre viemos à celebração, desde antes de ele nascer, então resolvemos trazê-lo para que ele possa aprender a se conectar com Deus desde pequeno”, definiu o pai do menino.

Bênçãos

A programação no gramado da Esplanada segue ao longo do dia, quando a expectativa é receber 70 mil pessoas. A partir das 15h, há a estreia de um formato celebrativo: o show oracional com o frei Gilson, da Congregação dos Carmelitas Mensageiros do Espírito Santo. 

Já às 17h, será celebrada a Santa Missa Solene em honra à Nossa Senhora Aparecida, em cerimônia presidida pelo cardeal Raymundo Damasceno Assis, arcebispo emérito de Aparecida, em substituição ao arcebispo de Brasília, cardeal Paulo Cezar Costa, que está no Vaticano.

Ao final, será feita a tradicional procissão com a imagem da santa no papamóvel percorrendo a Esplanada dos Ministérios. Na ocasião, serão dadas três bênçãos: a primeira dirigida aos enfermos, a segunda aos governantes e a terceira às famílias. Depois, a imagem retorna ao altar montado no centro do gramado.

Por Agência Brasília

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília