Subcomissão vai discutir aumento de pessoas em situação de rua no DF

Três membros da Comissão de Direitos Humanos deverão conduzir os trabalhos da subcomissão que pretende oferecer alternativas ao atendimento das pessoas desassistidas

0
21

Com o maior índice de pessoas em situação de rua entre as unidades da federação, Brasília acaba de ganhar um importante instrumento para estudar o fenômeno e buscar alternativas para a construção de políticas públicas. A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa aprovou a criação de uma subcomissão para estudo e avaliação do crescimento numérico de pessoas em situação de rua no Distrito Federal.

A proposta do Vice-Presidente da Casa, o Deputado Distrital Ricardo Vale (PT), foi aprovada na comissão e objetiva subsidiar um posicionamento do Legislativo sobre a problemática. “Precisamos entender esse fenômeno, conversar com essas pessoas, especialistas da assistência social e propor meios de conter essa curva de crescimento”, defendeu Vale, que já havia provocado o debate do tema no Plenário da CLDF.

O distrital também ressaltou a importância do papel fiscalizador da Casa e observou que há um clima de animosidade em algumas regiões de Brasília. “Em algumas áreas os moradores ficam com medo e não podemos aceitar essa desumanização de quem está nas ruas, precisamos oferecer alternativas de apoio para a reintegração social. Não é admissível que a Capital Federal aceite pacificamente essa situação. Precisamos dar o exemplo em políticas públicas e cidadania”, defendeu Ricardo Vale. Com a aprovação, os distritais Ricardo Vale (PT), Fábio Félix (PSOL) e João Cardoso (Avante) vão conduzir os trabalhos da subcomissão.

Por Comunicação Ricardo Vale (PT)

Fotos: Comunicação Ricardo Vale (PT)