Homem queima solas dos pés após pisar descalço em asfalto no DF

Maurício de Medeiros Rodrigues conta que sentou no meio fio para mexer em uma moto e só percebeu que algo estava errado quando cunhado observou bolhar nos pés dele

0
39

O vigilante está internado há quase uma semana com queimaduras após pisar descalço no asfalto, no Distrito Federal. O caso ocorreu em meio a onda de calor no Brasil.

Nesta quarta-feira (15), Brasília registrou temperatura máxima de 37,3ºC pelo segundo dia consecutivo e teve mais um recorde de calor. Maurício de Medeiros Rodrigues está internado há quase uma semana em um hospital particular da Asa Sul, com os dois pés enfaixados e deve receber alta nos próximos dias.

O vigilante conta que na quinta-feira (9), por volta das 14h, desceu descalço do quarto andar do prédio onde mora no Riacho Fundo 2. Ele sentou no meio fio, com os pés no asfalto, para mexer numa moto.

Segundo Maurício, o dia estava muito quente, mas ele não sentiu nada de diferente e ficou no local por cinco minutos. Ele só percebeu que tinha algo errado quando o cunhado chegou e perguntou o que tinha grudado no pé dele, e era uma bolha.

“No que eu estava pisando a bolha amassou. Então ficou o couro solto. Quando eu puxei foi arrancando o couro mesmo”, conta.

As solas dos pés de Maurício ficaram totalmente queimadas. 

Segundo ele, os dedos ficaram em carne viva.

O endocrinologista Fernando Martins Alves, que acompanha o caso do Maurício, afirma que uma doença crônica do paciente tornou a queimadura ainda mais grave. O vigilante é diabético há 18 anos, e não tem sensibilidade nos pés.

Segundo o médico, Maurício está afastado do trabalho e deve ter alta em quatro dias. Mas vai ficar mais algumas semanas sem poder andar.

Calor no DF

Nesta quarta-feira (15), o Distrito Federal registrou temperatura máxima de 37,3ºC pelo segundo dia consecutivo e teve mais um recorde de calor, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A taxa foi registrada em Planaltina.

A umidade relativa do ar chegou a 18%. O Inmet emitiu um alerta vermelho, quando a temperatura pode exceder 5 °C a média por um período maior que 5 dias. O alerta dura até sexta-feira (17).

Cuidados necessários em tempos de calor excessivo:

💧 Mantenha uma boa hidratação e carregue sempre que possível uma garrafa com água;

👃 Umedeça as narinas e os olhos com soro fisiológico;

👄 Use hidratantes labiais e cremes no corpo para evitar o ressecamento da pele;

🧢👒 Use roupas leves, bonés ou chapéus;

🏋️‍♀️ Evitar a prática de exercícios físicos em local aberto, durante a alta incidência do sol;

🍎 Evitar o consumo de alimentos mais pesados, gordurosos, frituras.

Por Geraldo Beckher da TV Globo

Foto: TV Globo / Reprodução: G1