Ibaneis e Renan Filho assinam ordem para duplicação da BR-080

Obra contempla trecho de 24 quilômetros, entre o entroncamento com a DF-001, em Taguatinga, e a divisa do Distrito Federal com Goiás

0
41

O governador Ibaneis Rocha (MDB) e o ministro dos Transportes, Renan Filho, assinaram a ordem de serviço para duplicação de um trecho da BR-080, no Distrito Federal.

A assinatura ocorreu na manhã desta terça-feira (21/11). A obra contempla uma via de 24 quilômetros, entre o entroncamento com a DF-001, em Taguatinga, e a divisa do Distrito Federal com Goiás, próximo ao povoado da Vendinha, depois de Brazlândia.

“Tivemos a oportunidade de trabalhar muito para que essa obra fosse incluída no PAC [Programa de Aceleração do Crescimento]. Por determinação do presidente Lula, fui chamado pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa, para apresentar as prioridades do DF com as obras do programa e pedimos prioridade à duplicação da BR-080. Choramos muito, aqui, a perda de muitas pessoas. Como o caso do ex-deputado Juarezão“, declarou o governador.

O alargamento da via faz parte do Plano de Governo 2023-2026, do Executivo local, e foi incluído na nova versão do PAC, lançado pelo governo federal em agosto último. O investimento será de R$ 315 milhões. “[Essa] é uma obra que vai começar e encerrar dentro do nosso mandato, juntamente ao mandato do presidente Lula, para que possamos comemorar essa, que é uma das vitórias mais esperadas ao longo dos últimos 90 anos para a cidade de Brazlândia”, completou Ibaneis.

Para o ministro dos Transportes, o projeto vai acelerar o trajeto de quem passa pela rodovia. “[A duplicação] representa um grande avanço e é um sonho histórico. Significa qualidade de vida para a população. Essa estrada é esperada há muito tempo. A obra levará 540 dias para ficar pronta. Esperamos entregar a via pronta no segundo semestre de 2025”, destacou Renan Filho.

A duplicação afetará o trajeto diário de, aproximadamente, 80 mil motoristas que passam pela área. O presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Rôney Nemer, comentou a aprovação para execução do projeto: “Revisamos todos os documentos para ter essa licença em mãos neste momento”.

“BR da Morte”

A BR-080 é a única saída do Distrito Federal que ainda não é duplicada e registrou diversos acidentes de trânsito ao longo do tempo; por isso, ficou conhecida como “BR da Morte”.

O governador Ibaneis disse que espera a participação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no dia de inauguração da obra. “Sabemos fazer política com maturidade aqui em nossa cidade, com diálogo, conversa. E sabendo que cada um tem sua posição, mas, na hora de unir toda a classe política em torno dos principais objetivos, conseguimos fazer isso de forma tranquila”, destacou o chefe do Executivo local.

A duplicação pretende melhorar a ligação do lado leste do Distrito Federal com Goiás e demais estados da região, como Tocantins e Mato Grosso. Além disso, promete ter efeitos sobre o desenvolvimento da região, onde a agricultura tem peso para a capital do país.

Em 2022, o Governo do Distrito Federal (GDF) alargou 8,2km da BR-080, no trecho da DF-001 na saída da Via Estrutural que dá acesso ao assentamento 26 de Setembro.

Por Nathália Cardim da Metrópoles

Foto: Reprodução Jornal de Brasília