Mulheres participam de oficinas gratuitas de crochê na Estrutural

A iniciativa também realizará, nos dias 12 e 13 de janeiro, uma exposição de artesanato com atrações musicais para a comunidade

0
23

A Estrutural vai receber, até o dia 10 de janeiro, oficinas de crochê gratuitas para a comunidade local, para o desenvolvimento de habilidades manuais e cognitivas, ao mesmo tempo em que estimula a criatividade e geração de renda.

Trata-se do projeto Vigília Cultural, realizado pelo Instituto Chinelo de Couro, com apoio das Secretarias de Turismo (Setur-DF) e de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec-DF). Além das oficinas, a iniciativa trará uma exposição de artesanato e atrações musicais nos dias 12 e 13 de janeiro, com objetos produzidos pelas artesãs, que variam entre porta-copo, porta-pratos e enfeites de mesa.

São três turmas participantes, nos períodos matutino, vespertino e noturno, durante 10 dias cada – 45 mulheres participam das aulas, realizadas no auditório da Agência do Trabalhador que fica na Estrutural.

De acordo com o produtor executivo do projeto, Márcio Apolinário, a Vigília Cultural também procura promover o empoderamento comunitário e fortalecer o turismo cultural por meio das oficinas, que contarão com material distribuído gratuitamente. “São idades variadas, desde avós que levam as netas até mães que levam as filhas”, afirma.

Ao final das atividades, será promovido um evento de exposição e comercialização na Casa de Chá, localizada na Praça Três Poderes. “É uma atividade que ajuda na autoestima, promove uma terapia, incentiva habilidades manuais e cognitivas, além de estimular a criatividade. São mulheres talentosas e a estrutural tem grande potencial cultural”, ressalta.

Mulheres independentes

O produtor destaca que a iniciativa resgata a relevância do artesanato como parte fundamental da economia criativa no Distrito Federal, com cerca de 11 mil profissionais legalizados.

“O artesanato não apenas gera renda para as famílias, mas também representa uma expressão cultural capaz de agregar valor ao turismo local. Além disso, as oficinas de crochê não só oferecem oportunidades econômicas, mas também contribuem para preservar tradições e promover o desenvolvimento socioeconômico”, observa.

Programação

Além das oficinas de crochê e exposição de artesanato, a programação inclui atrações musicais como DJ Bruxxo, DJ Marola, DJ Gerson Verás, entre outros.

As oficinas de crochê começaram em 26 de dezembro e vão até o próximo dia 10 de janeiro, disponíveis nos horários matutino, das 8h30 às 11h30; vespertino, das 14h30 às 17h30; e noturno, das 18h30 às 21h30.

O evento de exposição será nos dias 12 e 13 de janeiro, das 11h às 18h, na Casa de Chá.

Por Jak Spies da Agência Brasília

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília / Reprodução Agência Brasília