Comitê aprova R$ 90 milhões do FCO para a atividade produtiva do DF

Quarenta cartas-consulta do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste foram aprovadas; mais de 2 mil empregos diretos e indiretos serão gerados com o impacto desses investimentos

0
51

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (Sedet) realizou, nesta sexta-feira (24), a 252ª reunião ordinária do Comitê de Financiamento à Atividade Produtiva (Cofap-DF). O encontro, primeiro sob a nova gestão da pasta, teve como objetivo a aprovação das cartas-consulta para aprovação e liberação de financiamento junto ao Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), que contempla os empreendimentos da região.

Na ocasião, foram autorizados mais de R$ 142 milhões em investimentos, com 40 cartas-consultas aprovadas, sendo mais de R$ 90 milhões destinados exclusivamente para o Distrito Federal. Diversas empresas foram aprovadas para receber o financiamento, em áreas como escavação, hotelaria, atividade rural, agropecuária, vendas de equipamentos agrícolas, usina geradora de energia fotovoltaica, entre outras. Mais de 2 mil empregos diretos e indiretos serão gerados com o impacto desses investimentos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Thales Mendes, presidiu a reunião e ressaltou: “A concessão das cartas-consulta tem extrema importância para o fomento do desenvolvimento econômico do Centro-Oeste, especialmente, no caso desta reunião, o Distrito Federal, que foi o maior beneficiado. Destaco, ainda, a importância do fomento e da criação de empregos e distribuição de renda no momento da retomada da economia brasileira e, consequentemente, do DF”.

Carta de intenções

A carta-consulta é a forma de as empresas apresentarem seus projetos e solicitarem financiamento para o desenvolvimento de suas atividades produtivas através do FCO. Elas funcionam como uma espécie de carta de intenções, onde as empresas apresentam seus projetos e demonstram a viabilidade financeira e econômica de suas atividades.

O Cofap-DF é o responsável por analisar as propostas de financiamento e direcionar os recursos para projetos que possam gerar emprego e renda para a população. Por falta de quórum, as reuniões do comitê não vinham sendo realizadas. O comitê é formado por representantes do governo, de instituições financeiras e do setor produtivo, que se reúnem regularmente para avaliar as propostas e definir as diretrizes do fundo. A aprovação das cartas-consulta possibilita a realização de investimentos e, consequentemente, o desenvolvimento regional.

Com a aprovação dessas cartas-consulta, espera-se que as empresas possam investir em suas atividades produtivas, contribuindo para o desenvolvimento econômico da região e trazendo benefícios para a população local.

*Com informações da Setrab

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/Setrab / Reprodução Agência Brasília