DPDF abre inscrições para seleção de 500 estagiários de direito

A Defensoria Pública do DF disponibiliza 400 vagas para ensino superior e outras 100 para pós-graduação. Inscrições têm início nesta quarta-feira (2) e vão até o dia 20

0
29

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) está com as inscrições abertas para a seleção de novos estagiários do curso de direito que desejam atuar na instituição. São 500 vagas para lotação nos diversos Núcleos de Assistência Jurídica (NAJs) da DPDF, sendo 400 para ensino superior (do 6º ao 8º semestre) e 100 para pós-graduação (a partir do 1º período), além da formação de cadastro reserva. O edital foi publicado nesta quarta-feira (2) no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

As inscrições podem ser realizadas entre esta quarta-feira (2) e o dia 20 deste mês, pelo site da Super Estágios. A prova presencial ocorrerá na data prevista de 3 de setembro, com a divulgação do gabarito provisório no painel do estudante em 20 de setembro. A publicação do resultado final do certame será em 30 de outubro.

Os selecionados terão direito a uma bolsa-auxílio de R$ 900 e R$ 1,2 mil para estagiários de graduação e pós-graduação, respectivamente. Além disso, o estágio contempla o benefício do auxílio-transporte. O regime será de 25 horas semanais, distribuídas em cinco horas diárias, a serem cumpridas em horários e turnos definidos pela DPDF, de segunda a sexta-feira.

O defensor público-geral, Celestino Chupel, destaca a importância de receber estudantes de direito como estagiários da instituição. “É uma forma de esses alunos terem uma rica experiência profissional, atuando nas mais diversas áreas do direito e aplicando, na prática, a teoria que aprendem em sala de aula”, explicou.

Provas presenciais

Serão três horas de prova, no período vespertino. As 40 questões, todas de múltipla escolha, estão distribuídas da seguinte forma: 10 de português; 10 de informática; e 20 de conhecimentos específicos, sendo cinco de direito constitucional, cinco de direito administrativo, cinco de direito civil e processual civil e cinco de direito penal e processual penal.

O certame terá a validade de um ano, prorrogável por até 12 meses. Há a previsão de reserva de vagas para candidatos com deficiência (10%) e negros e pardos (20%). O edital está disponível no site da Defensoria Pública do DF, assim como o cronograma completo do processo seletivo.

*Com informações da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF)

Por Agência Brasília

Foto: Divulgação/DPDF / Reprodução Agência Brasília