UBS de Santa Maria recolhe medicamentos vencidos para descarte consciente

Unidade promoveu debate para chamar a atenção sobre a importância de desprezar corretamente os remédios, evitando contaminação do solo, ar e água

0
45

A farmácia da Unidade Básica de Saúde (UBS) 1 de Santa Maria é a primeira a aderir à coleta de medicamentos vencidos e inutilizáveis, voltados ao descarte correto. O objetivo é replicar a iniciativa em todas as unidades da Região Sul de Saúde – área que compreende Gama e Santa Maria.

Para sensibilizar a população e os próprios profissionais sobre o tema, a UBS iniciou a campanha, na segunda-feira (2), com o debate Descarte Consciente. “Ao jogar fora medicamentos em qualquer lugar, podemos contaminar o solo, o ar, a água e até mesmo peixes e outros seres vivos”, alerta o farmacêutico da Secretaria de Saúde (SES-DF) e idealizador do evento, Alexandre Machado. “Por isso, todos podem vir até a farmácia da UBS 1 de Santa Maria. Iremos receber as medicações vencidas ou que sobraram e realizar o descarte correto”, informa.

“Iremos receber as medicações vencidas ou que sobraram e realizar o descarte correto”Alexandre Machado, farmacêutico da SES-DF e idealizador do evento

Diretora de Atenção Primária à Saúde da Região Sul, Regiane Martins chama a atenção para o fato de a maioria desconhecer que algumas substâncias químicas presentes nos medicamentos não são inativadas pelo sistema de tratamento de água e esgoto.

Quem não fazia ideia dos malefícios causados ao meio ambiente pelo descarte incorreto era a aposentada Maria Lúcia da Silva, 75 anos. Após participar do debate sobre o tema, ela tirou suas dúvidas e ainda se desfez de alguns medicamentos fora da validade. “Uso vários remédios por causa da minha hipertensão e, muitas vezes, alguns passam batido e vencem. Antes, jogava no lixo comum. A partir de hoje trarei todos para descartar aqui. Não sabia que jogar medicamento no lixo fazia tão mal, vou avisar todo mundo que conheço sobre isso”, afirma.

A também aposentada Terezinha Rocha, 59 anos, diz que seguirá o exemplo de Maria Lúcia. “Agora que sei onde descartar corretamente os medicamentos irei juntar tudo em uma sacola e vou trazer na UBS. Vou ainda espalhar a informação e orientar amigos, vizinhos e família”, diz.

Aproximar usuários

De acordo com a gerente da UBS 1 de Santa Maria, Joelma Batista, realizar ações como essa é uma maneira de aproximar a população dos serviços ofertados pela unidade, como vacinação, exames e consultas. “Acreditamos que trazer a comunidade até a farmácia para o descarte pode abrir oportunidades para, por exemplo, perguntar à pessoa se as vacinas e as consultas estão em dia. Quanto mais próximo estiver o usuário, mais conseguimos ofertar os serviços”, acredita.

Todos os medicamentos que forem entregues na UBS 1 serão recolhidos por uma empresa que fará o descarte correto dos resíduos.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Por Agência Brasília

Foto: Jurana Lopes/Agência Saúde-DF / Reprodução Agência Brasília