Coordenações regionais de ensino promovem fórum de gestores escolares

Em Taguatinga, representantes das 67 escolas públicas da região participam do encontro; Samambaia também recebeu o evento

0
11

Ainda que o ano letivo na rede pública de ensino do Distrito Federal não tenha começado, os profissionais da educação já estão em permanente atividade no mês de janeiro. Com o objetivo de apresentar a estrutura administrativa, divulgar ações pedagógicas e prestar esclarecimentos às equipes gestoras da unidades escolares, algumas coordenações regionais de ensino (CREs) realizam o Fórum dos Gestores.

Em Taguatinga, mais de 260 gestores de 67 unidades escolares participaram do evento, que se encerrou nesta quarta-feira (31). A regional de ensino de Samambaia também promoveu o encontro. A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, e a secretária da Mulher, Giselle Ferreira, estiveram presentes no último dia de evento da CRE de Taguatinga.

Ambas destacaram o poder da educação, por meio de ações e projetos, para o enfrentamento da violência contra meninas e mulheres. “Além de conscientizar, os projetos educacionais podem direcionar e auxiliar toda a comunidade escolar a identificar a violência, a trabalhar a prevenção e a buscar ajuda pelos canais institucionais. Por isso, a realização de trabalhos pedagógicos em toda a rede é fundamental”, enfatizou Hélvia.

Giselle ressaltou a elaboração de cartilhas e folders com explicações didáticas e canais de denúncia. “A violência contra a mulher é uma pauta transversal que deve ser abordada ao longo do ano letivo. E o caminho para a conscientização e transformação de comportamentos ocorre por meio da educação”, destacou.

O coordenador da regional de ensino de Taguatinga, Murilo Marconi, falou sobre a importância de promover um momento para que os gestores possam conhecer a estrutura e o trabalho realizado pelos profissionais que atuam na assessoria e nas diferentes unidades que compõem a CRE: “Essa ação pretende contribuir para a melhoria da qualidade na educação, pois além de esclarecimentos e orientações, o fórum vai consolidar a realização de um trabalho articulado entre a CRE e os gestores escolares”.

Acolhimento e orientação

A importância do encontro é destacada tanto por gestores com mais tempo de experiência quanto pelos novatos. O diretor do Centro de Ensino Médio Taguatinga Norte (CETN), André Amâncio, iniciou o trabalho como gestor escolar há poucos dias e enxerga o encontro como uma atividade de acolhimento.

“Esse fórum reúne parceiros, propõe conexões, um verdadeiro networking. Como sou novo na gestão escolar de uma escola que tem mais de 90 servidores e atende 1.350 estudantes, as informações repassadas dão orientações que nos permitem compreender o sistema de funcionamento da CRE e apresentam caminhos que nos conduzem na melhor direção”, celebrou.

Durante o I Fórum de Gestores 2024 da CRE de Taguatinga, foi distribuído o Manual para Gestores. O documento foi organizado para apresentar as atribuições das assessorias e de cada unidade administrativa da CRE, apresentar legislações específicas e orientações diversas.

*Com informações da Secretaria de Educação

Por Agência Brasília

Foto: Jotta Casttro/ SEEDF / Reprodução Agência Brasília